Conexão Tocantins Araguaína

Polí­cia

30/10/2013 - Redação

Foto: ASCOM/2ºBPM Armas e munição apreendida Armas e munição apreendida

No final da noite de ontem, 29, mais uma vez, os policiais militares do 2º Batalhão da PM receberam a denúncia de que uma casa estaria sendo violada por ladrões. Ao chegar ao local, a polícia conseguiu evitar o furto. Para surpresa, foi constatado que o objeto que estava sendo levado eram armas e muitas munições.

A ação dos policiais militares ocorreu às 23h12min na Rua 12 no setor Patrocínio em Araguaína, após receber uma denúncia anônima, via 190, segundo a qual um homem em atitudes suspeitas estava sobre o muro da residência situada naquele local e este sujeito, ao perceber que tinha sido flagrado por populares naquela condição, pulou do muro e saiu correndo e outros três homens também saíram da casa pulando o muro e efetuaram um disparo de arma de fogo.

O Grupamento de Rádio Patrulha do 2º BPM, imediatamente chegou ao local e realizou o patrulhamento, tendo encontrado uma bolsa grande de viagem contendo muitas munições de diversos calibres. As incursões militares continuaram e, com o apoio dos Policiais Militares da Seção de Inteligência, foram localizadas mais armas e munições no interior da residência violada.
Ao todo, a Polícia Militar apreendeu centenas de munições, sendo 52 calibre 16; 75 calibre 36; 120 calibre 28; 34 calibre 12; 18 calibre 20; 30 calibre 32; 37 calibre 357; 21 calibre 38; 09 calibre 380; 02 calibre .40; 388 calibre 22; 02 Alongadas; 01 bala de borracha calibre 22; 02 carregadores de 380; R$ 226,90 (duzentos e vinte e seis reais e noventa centavos) trocados em moedas de R$ 1,00, R$ 0,50, R$ 0,25, R$ 0,10, R$ 0,05 e duas cédulas de dois reais.

Os militares ainda encontraram na casa uma espingarda calibre 28; uma carabina calibre 32 sem numeração; uma TV LCD Sony; três facões; uma faca; um controle Playstatyon dois; um toca CD Pionner; um caixote de som contendo quatro cornetas e dois twiter; 18 cheques do Banco Bradesco com valores diferentes; uma mochila cinza; três panos de jóias sem nada; um pochete preta; dois blocos de notas; três cintos; 15 perfumes entre importados e nacionais; um GPS; um caixote de TV e várias roupas sendo 13 camisas, quatro calças, duas jaquetas, uma bermuda, um boné, e outros objetos como sete relógios femininos, dois masculinos, cinco pares de tênis e um sapato social.

Os policiais encontraram um cidadão que conhece o proprietário da residência, cujo nome não foi divulgado para não atrapalhar as investigações, sendo que os militares da Seção de Inteligência conversaram com o mesmo via telefone e ele disse que está em viagem ao Estado do Pará, mas reconheceu que todo o material apreendido são seus. Ao ser questionado o porquê de tantas munições e armas, ele afirmou ser caçador e diz que as armas são registradas. Relatou ainda que também havia na residência uma pistola 380, sendo que os militares realizaram uma varredura total no ambiente, mas não a encontraram.

O local foi devidamente periciado e, em seguida, a Polícia Militar conduziu todos os objetos apreendidos para a DP de plantão onde ficaram à disposição da Justiça. As averiguações sobre o caso continuam de maneira firme e constante. (Informações ASCOM/2ºBPM)