Conexão Tocantins Araguaína

Estado

26/06/2013 - Redação

Em reunião, nesta última terça-feira 25, dirigentes sindicais do Sindicato dos Profissionais em Educação Física (SINPEF-TO) regional de Araguaína, voltaram a discutir, com representantes do Governo Municipal, o pagamento das perdas salariais referente aos últimos 12 meses.

A data-base dos servidores de Araguaína é 1º de março, no entanto, na data para concessão a Prefeitura de Araguaina argumentou que naquele momento não seria possível o pagamento do benefício, ficando assim acertada uma nova reunião ocorrida, nesta terça-feira, momento em que os servidores esperavam uma proposta apresentada pela Prefeitura, expectativa frustrada pelo poder executivo já que o prefeito Ronaldo Dimas apenas enviou mensagem por meio de seus secretários de que só será possível discutir o índice, bem como, previsão de pagamentos no mês de agosto.

Diante da atual situação em Araguaina, a categoria realiza esta semana Assembleia Geral onde será discutida um indicativo de greve e a deflagração de greve.

A presidente regional do Sinpef em Araguaína, Katiane Chaves, frisa “que a Prefeitura novamente se apresenta de mãos vazias, não colocando a mesa uma proposta minimamente a ser discutida, nem mesmo uma previsão para a resolução da questão”.