Conexão Tocantins Araguaína

Estado

18/06/2013 - Redação

Foto: Divulgação Avenida Conego João Lima Avenida Conego João Lima

Segundo a Prefeitura de Araguaína, as obras de recuperação das ruas da cidade vem enfrentando dificuldades devido à água de esgotos despejada de forma irregular provoca danos aos serviços. “As equipes estão com dificuldades para avançar com os trabalhos. Mal terminamos um trecho, temos que voltar na outra semana porque a água já danificou”, explica o prefeito Ronaldo Dimas.

Alguns serviços nem sequer podem ser iniciados porque a água despejada impede o despejo do material asfáltico. “Mesmo no período de estiagem, vários trechos em regiões residenciais estão tomados pela água”, reforça o secretário de Infraestrutura, Simão Moura Fé.

Segundo o diretor do Departamento de Postura, Thiago Spacassassi, são as residências as principais responsáveis pelo despejo da água. “É quase cultural. A dona de casa lava quintais e garagens quase diariamente. E tem também a água da lavagem das roupas e até da louça que são jogadas nas ruas”, completa Thiago.

Várias casas já foram notificadas pelo Departamento de Postura e, nos casos de reincidência, as multas já estão sendo aplicadas. “A prefeitura está intensificando a fiscalização. E a ordem é não tolerar abusos. A maioria não pode ser prejudicada por uma minoria", sustenta Spacassassi.

Alguns estabelecimentos comerciais como lava-jatos, que trabalham com uma quantidade abundante de água, também estão entre os maiores infratores. “Quem estiver jogando a água na rua será notificado, multado e poderá ter o estabelecimento fechado, caso insista nesta prática”, avisa o diretor.

Para denunciar o despejo irregular de água servida nas ruas, o cidadão pode entrar em contato com o departamento de fiscalização da prefeitura das 8h às 12h e das 14h às 18h.