Conexão Tocantins Araguaína

Campo

11/04/2012 - Redação

Foto: Divulgação

A Superintendência do Incra – Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária no Tocantins deu posse nesta quarta, 11, a dois novos chefes de Unidades Avançadas da instituição em Araguaína e Araguatins. Os postos foram assumidos por Gilmar Alves de Castro em Araguaína e Cleone Gomes Soares em Araguatins.

O evento realizado no auditório do Incra, teve a participação da deputada estadual Amália Santana (PT), do superintendente regional do Instituto, Ruberval Gomes da Silva, Daniel Felzemburg, chefe da Procuradoria Federal Especializada do Incra, além dos novos empossados e de servidores do Instituto. Ainda prestigiaram a posse a convite de Castro, o vereador e pré-candidato a prefeito de Nazaré, Jessimar Noleto, Fransergio Alves, pré-candidato a prefeito de Riachinho, Freitas do PT, chefe de gabinete da deputada Amália e Zé Geraldo, secretário de Relações Institucionais do PT.

Gilmar Castro é técnico em contabilidade, coordenador da Macro Região do Partido dos Trabalhadores no Bico do Papagaio, ex-vereador de Angico e nos últimos meses esteve à frente da Secretaria da Administração de Luzinópolis. Como novo chefe da Unidade de Araguaína, Castro será responsável por mais de 7 mil famílias assentadas.Já o novo chefe da Unidade de Araguatins, Cleone Gomes, é servidor efetivo do instituto. Gomes assume com a responsabilidade de atender mais de 4 mil e 500 famílias assentadas em 82 projetos.

Na cerimônia de posse a deputada Amália Santana saudou os novos chefes de unidades e colocou seu mandato á disposição para colaborar com o trabalho. “Os nossos assentados precisam de apoio e as demandas são muitas. É uma grande responsabilidade, deixo aqui o meu desejo de que tanto em Araguaína, quanto em Araguatins vocês possam desenvolver um bom trabalho e contem com a gente”, declarou a parlamentar.

Ruberval Gomes deu as boas-vindas aos novos empossados e reforçou que o desafio nas duas unidades é grande, mas que acredita na competência de Castro e Gomes. “Temos muito que avançar, principalmente na região do Bico do Papagaio, mas temos certeza que irão gerenciar muito bem estas unidades”, afirmou.(Ascom Incra)