Conexão Tocantins Araguaína

Polí­tica

05/04/2012 - Maria José Cotrim

Foto: Divulgação

O governo estadual não vai se envolver no processo político deste ano para não misturar o institucional com ações políticas no entanto os agentes políticos do governo e representantes dos partidos da base vão apoiar os aliados. Foi o que afirmou em entrevista ao Conexão Tocantins nesta quinta-feira, 5, o secretário Estadual de Relações Institucionais, Eduardo Siqueira Campos.

“Quem nos apoiou terá todo apoio e acompanhamento”, garantiu o secretário que comentou sobre o cenário nas principais cidades do Estado. O critério geral do governo, segundo Eduardo é respeitar a aceitação popular. “Queremos respeitar a voz das ruas, o governo não tem intenção de criar candidaturas mas respeitar a decisão das cidades”, explicou. Na campanha e no período eleitoral o governador Siqueira Campos (PSDB) não vai misturar compromissos políticos com a administração e saberá dividir as agendas, conta Eduardo.

Em Palmas, o PSDB ainda não oficializou mas o apoio ao deputado estadual Marcelo Lelis (PV) já estaria certo. “Lelis é o candidato das ruas, é o que eu ouço. Já é um nome definido para a vontade popular”, pontuou. Outro aspecto para o apoio a Lelis é o desejo do governo de trabalhar em sintonia com a prefeitura da capital a partir da próxima gestão. “Queremos Estado e prefeitura trabalhando juntos, espero uma mudança radical da atual administração”, salientou.

Questionado sobre a relação com o senador João Ribeiro, presidente do PR, Eduardo voltou a frisar a amizade com o republicano. “Eu respeito e mantenho as cordiais relações com o senador João Ribeiro”, comentou.

Em Araguaina a tendência é de apoio para o republicano Ronaldo Dimas (PR). “Ele tem no meu entendimento pessoal elevado nível técnico, é um cidadão de conteúdo, preparado. Temos que respeitar o sentimento popular”, disse Eduardo lembrando que Dimas lidera as pesquisas. O republicano deve ter inclusive apoio do atual prefeito Valuar Barros (DEM) que tem afirmado que quer apoiar o candidato do governo.

Gurupi

Com a sinalização de rompimento por parte do PR com o governo em Gurupi lideranças governistas e inclusive o prefeito Alexandre Abdalla (PR) temiam uma possível ruptura na composição entre os partidos na cidade. Abdalla chegou a afirmar ao Conexão Tocantins que não participará do processo se PR e PSDB não forem aliados. “Penso a mesma coisa que o Abdalla.Não desejamos rompimento com PR em nenhum município”, disse.

O secretário elogiou os dois nomes na base, a ex-primeira-dama Goiaciara Cruz (PR) e o empresário Osvaldo Stivall (PSDB). “As duas figuras merecem carinho e respeito do governador”, frisou.

Desincompatibilização

O secretário de Trabalho e Ação Social, Agimiro Dias que era um dos nomes cotados para disputar em Araguaina permanecerá no cargo abrindo assim a disputa para o republicano e ex-deputado federal Ronaldo Dimas (PR). “Meu pai não abriria mão dele na equipe”, comentou Eduardo. Outros auxiliares do governo como a ex-prefeita de Colinas, Maria Helena Defavari já deixaram os cargos visando disputar o pleito de outubro. Maria Helena era dotada na Delegacia Regional de Ensino de Colinas onde pretende disputar a prefeitura inclusive com possível apoio do governo estadual.