Conexão Tocantins Araguaína

Economia

27/03/2012 - Redação

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), criou o Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Empresas Indústrias (Procompi). O programa visa apoiar ações de estímulo ao fortalecimento de micro e pequenas indústrias, priorizando a implementação de ações coletivas.

No Tocantins, o programa tem sua gestão realizada pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e o Sebrae Tocantins. As ações já começaram e foi no município de Araguaina que aconteceu as primeiras reuniões, com foco nos segmentos de madeira e mobiliário, gráfico e panificação, por meio dos sindicatos responsáveis – Sindicatos das Indústrias da Madeira e do Mobiliário do Estado do Tocantins (SIMAM/TO), Sindicato das Indústrias Gráficas do Estado do Tocantins (SIG) e Sindicato das Indústrias da Alimentação do Estado do Tocantins (SAI).

De acordo com o analista técnico do Sebrae/TO, Ademir Whitman, o objetivo desse programa é atender as ações específicas priorizadas pelos empresários de cada segmento. “Durante as reuniões foram aplicadas dinâmicas para extrair os fatores críticos das empresas e identificar as necessidades e dificuldades de cada negócio. Com base nas informações coletadas, será elaborado um plano de ação para o empresário que aderir o programa”, afirma.

Desde que foi criado, em 2000, o Procompi já beneficiou cerca de sete mil empresas em todo o Brasil. Além da CNI e do Sebrae, o Instituto Euvaldo Lodi (IEL), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Sindicatos Patronais e Federações das Indústrias participam com as atividades.

Essas instituições reúnem grupos de, no mínimo, 25 empresas com necessidades semelhantes e promovem ações conjuntas de capacitação, orientação sobre produtos e mercado, consultoria para melhorar resultados e incentivo a compras e vendas coletivas. A última edição do Procompi no Tocantins foi concluída em 2009 e atendeu as empresas do segmento da construção civil, confecção e mineração. (Ascom Sebrae)