Conexão Tocantins Araguaína

Polí­cia

12/11/2011 - Redação

O Governo Estado repudiou neste sábado, 12, o assassinado de um policial militar ocorrido ontem em Araguaina. Segundo nota do Governo do Estado distribuida à imprensa, a comunidade tocantinense foi atingida por um crime “brutal” e o fato não ficará impune.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Marielton Francisco dos Santos, informa que já determinou ao comando do 2ª Batalhão que todas as providências sejam tomadas para elucidar os fatos, e os criminosos sejam presos o mais rápido possível.

O comandante, que deslocou-se até a cidade de Araguaina neste sábado, para acompanhar pessoalmente o caso, informa que, por ordem do governador Siqueira Campos, todas as medidas serão tomadas para que este tipo de crime não venha a se repetir na Polícia Militar.

Confira abaixo a nota do Governo do Estado na integra.

Nota

O Governo do Estado do Tocantins repudia veementemente o assassinato do Cabo PM Isaias Francisco de Sousa, ocorrido na noite desta sexta-feira, 11, em Araguaina, pois trata-se, além de um pai de família, da instituição cuja missão é a defesa de toda a comunidade tocantinense que foi atingida por este crime brutal. Neste sentido, o Governo do Estado vem solidarizar-se com a família, pois tratava-se de um cidadão que durante o período que ingressou nos quadros da Polícia Militar soube honrar com dignidade a missão que lhe fora delegada. O Governo assegura que este fato não ficará impune.

SECRETARIA DA COMUNICAÇÃO DO TOCANTINS - SECOM