Conexão Tocantins Araguaína

Polí­cia

06/10/2011 - Redação

A doméstica, Edileuza do Nascimento de Jesus, de 35 anos, foi presa em flagrante na noite da última quarta-feira, 5, no centro de Araguaína, por tentativa de homicídio.

A informação foi passada por pessoas que abordaram uma viatura da Polícia Militar que passava próximo ao local da agressão. Na ocasião, as testemunhas informaram aos policiais de que uma pessoa estava ferida e com forte sangramento. Ao chegarem até onde a vítima estava, foram constatadas várias perfurações na face e na região craniana da vítima.

O que chamou a atenção foi o fato de a vítima estar consciente e relatar o fato à equipe.

De acordo com os relatos da vítima, que não quis se identificar, ela foi induzida por Edileuza a ir até o local com a promessa de cadastramento para ganhar uma casa popular. Sem desconfiar das intenções da doméstica, a vítima foi com a filha de apenas oito dias ao local onde percebeu que não havia ninguém realizando o prometido cadastramento. Ao sair, foi surpreendida por Edileuza que tentou sequestrar o bebê. Não tendo sucesso na investida, a doméstica teria partido para cima da vítima, provocando as escoriações.

No local havia uma rede colocada por Edileuza, onde estava a criança, que também se encontrava com as roupas sujas de sangue. No mesmo instante, testemunhas informaram aos militares, que a autora das agressões se encontrava no interior da residência, onde houve as agressões. Com essas informações, os policiais adentraram ao local e localizaram a agressora, que estava com partes das vestes rasgadas e sujas de sangue, sendo imediatamente detida e encaminhada para a Delegacia de Plantão, onde responderá pela prática criminosa, a vítima foi encaminhada para o Hospital Regional de Araguaína e o bebê foi entregue ao pai. (Ascom PM)