Conexão Tocantins Araguaína

Polí­tica

26/08/2011 - Philipe Bastos

Foto: Divulgação Deputada federal Dorinha Seabra quer valorizar educação básica Deputada federal Dorinha Seabra quer valorizar educação básica

Em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã desta sexta-feira, 26, o deputado Osires Damaso (DEM), presidente regional da legenda, confirmou a intenção do Partido em disputar as eleições municipais em chapas majoritárias no ano que vem. Palmas, Araguaina e Porto Nacional já tem possíveis nomes para concorrer às prefeituras em 2012.

O deputado destacou que desde o início do segundo semestre vem mantendo contato com as lideranças remanescentes no DEM, desde a debandada para o PSD, da senadora Kátia Abreu. Segundo Damaso, seu partido sofreu muitas baixas com a grande saída de nomes importantes dos seus quadros. “Nós perdemos bastante”, disse.

No entanto, mesmo com o duro golpe sofrido, o DEM tenta se reerguer e chegar com força nas eleições do ano que vem. O próprio Damaso já havia antecipado ao Conexão Tocantins no meio da semana que protocolaria, até esta sexta-feira, mais de 80 pedidos de criação de comissões provisórias municipais do Democratas junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). “A intenção é chegarmos aos 139 municípios”, informou, na ocasião.

Palmas

Na capital do Tocantins, o DEM contava com dois vereadores na Casa de Leis municipal. Contudo, Valdemar Júnior anunciou ao Conexão Tocantins que pretende integrar o novo partido da senadora Kátia Abreu, deixando na Câmara de Palmas, apenas Fernando Rezende como representante da legenda.

Além disso, o DEM ainda possui uma deputada federal, Dorinha Seabra Rezende, que ainda integra os quadros do Democratas. E é justamente a parlamentar o principal nome para concorrer ao Paço Municipal no ano que vem, segundo Damaso. “Acredito que seja o nome forte pelo trabalho que tem desenvolvido em Palmas”, disse.

Contudo, o DEM ainda aguarda a resposta da deputada que está relutante em aceitar o convite. “O convite já foi feito. Mas a deputada ainda precisa concordar”, completou Damaso.

Araguaina

Na segunda maior cidade do Tocantins, a intenção, segundo o presidente do DEM, é manter o prefeito Valuar Barros no cargo, em 2012. O nome de Valuar é o mais recorrente, mesmo ele sendo opositor à campanha de Siqueira Campos (PSDB), durante a eleição do ano passado. “Se ele tiver disposição, é o nome para concorrer”, disse.

Gurupi

A cidade no sudeste do Estado é, entre as maiores do Tocantins, a que enfrenta maiores dificuldades em definir um nome para concorrer no ano que vem. Segundo Damaso, as principais lideranças partidárias na cidade devem ir para o PSD, seguidas pela única vereadora da legenda na cidade, Marta Barbosa. “Em Gurupi a situação é mais complicada. Estamos fazendo os convites para líderes e espero que até setembro estejamos com tudo resolvido”, completou.

Porto Nacional

Já em Porto Nacional, o principal problema do DEM também é o PSD. Um nos nomes mais fortes para concorrer na cidade era o do deputado Toinho Andrade, que já informou que pretende seguir outros democratas e integrar a nova legenda. No entanto, Damaso segue com esperanças de que seu atual correligionário permaneça no Democratas e concorre à prefeitura de Porto em 2012. Caso não dê certo, a alternativa é a migração de domicílio eleitoral do atual prefeito de Ponte Alta, Cleiton Maia para poder disputar na histórica cidade.

Paraiso do Tocantins

Na cidade domicílio do presidente regional do DEM, o próprio Osires já havia confirmado que pretende aguardar as próximas movimentações das lideranças municipais. De acordo com ele, líderes importantes de outros partidos, como o ex-governador Moisés Avelino (PMDB) e o atual prefeito, Paulo Tavares (PR) já demonstraram vontade de disputar a Prefeitura no ano que vem. “Vamos esperar afunilar um pouco para definirmos”, completou.