Conexão Tocantins Araguaína

Estado

09/04/2011 - Redação

Na próxima terça-feira, 12 de abril, os secretários da Juventude e dos Esportes e da Segurança, Justiça e Cidadania, Olyntho Neto e João Costa, respectivamente, se encontrarão para assinar o Termo de Cooperação necessário à reinstalação do Programa Pintando a Liberdade (fábrica de bolas), que consiste na produção de 35.500 bolas e 900 pares de redes pelos presos do Sistema Prisional do Tocantins. A iniciativa busca a ressocialização, a capacitação e a profissionalização dos reeducandos.

Hoje, dia 08, os referidos secretários encontraram-se para definir a minuta do Termo de Cooperação conforme agenda definida na semana passada. Para o Secretário da Juventude e dos Esportes, a retomada do Projeto é mais um incentivo que o Estado proporciona ao detento, tendo em vista que o trabalho dignifica o homem, e ainda, que a família recebe um benefício financeiro por este trabalho.

Olyntho esclareceu também que não obstante à nobreza do Programa Pintando a Liberdade, este foi esquecido e abandonado pelo governo anterior. O reinício do Programa deve-se, acima de tudo, ao compromisso assumido pelo Governo Siqueira Campos, no sentido de cuidar e dar oportunidades às pessoas.

Já o Secretário João Costa reafirmou que o homem é muito maior que os seus erros e que esta é mais uma iniciativa do Governo Siqueira Campos voltado para a reinserção social dos presos. Em breve será inaugurado o local para o cumprimento do Regime Semiaberto, para onde deverão ser transferidos cerca de 200 detentos em Araguaína, Gurupi e Palmas.

Fonte: Secom