Conexão Tocantins Araguaína

Estado

13/01/2011 - Redação

Foto: Divulgação

O padre orionita Francisco Edejânio Azevedo Magalhães, atual vigário da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, de Filadélfia (TO), será o novo Conselheiro do Hospital Dom Orione (HDO), de Araguaina (TO), segundo informações divulgadas essa semana. É ele quem ocupará o lugar do padre Jorge Luiz Gonçalves de Lima, que trabalhava na Unidade Hospitalar e foi transferido para Niterói (RJ). As mudanças foram ordenadas pelo Diretor Provincial da Pequena Obra da Divina Providência, padre João Batista de Freitas.

O padre Francisco Edejânio Azevedo Magalhães nasceu em Coroatá (MA) e tem 37 anos de idade e apenas dois como padre, sendo ordenado como padre em 2008. O padre já atuou seis meses na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no Rio de Janeiro (RJ) e desde junho de 2009 exercia a função de vigário paroquial em Filadélfia, cidade localizada a cerca de 100 km de Araguaina. “Essa vai ser a minha primeira experiência no hospital e tenho certeza que desempenharei o melhor do meu trabalho” garante o novo Conselheiro do HDO, que tem entre suas atribuições realizar atividades religiosas como sacramento, unção dos enfermos e eucaristia.

Família

Quem pensa que o padre Francisco Edejânio é um estranho está muito enganado, principalmente quando relacionamos a vida do sacerdote a vida do diretor presidente do HDO, padre Márcio Almeida do Prado e ao diretor financeiro do hospital, Eduardo Silva Naves. Segundo o próprio padre Francisco Edejânio, o padre Márcio foi seu formador no seminário Dom Carlos Sterpi, de Belo Horizonte (MG), o acompanhando em sua caminhada. Já o diretor financeiro do HDO era um dos colegas que estudava com o padre Francisco Edejânio, sendo ambos da mesma turma. “Estou muito satisfeito e feliz, porque eu queria ir para Araguaina auxiliar o Padre Márcio e padre Eduardo. Anseio bastante ajudá-los com essa nova função a mim dada” finalizou.

Férias

No próximo dia 16, o padre entra de férias e deve visitar alguns parentes no Maranhão. Só após as férias, na primeira quinzena de Fevereiro, é que o Padre deve chegar em Araguaina para trabalhar na obra dentro do Hospital. Para substituí-lo na Paróquia de Filadélfia, foi enviado o padre Antônio Soares de Araújo, conselheiro e vigário da Paróquia Santo Antônio, de Ouro Preto (MG).

Fonte: Assessoria de Imprensa HDO