Conexão Tocantins Araguaína

Polí­tica

24/08/2010 - Phillipe Bastos

Foto: Divulgação

Em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã desta terça-feira, 24, o deputado Osires Damaso (DEM) afirmou que a saída de prefeitos do Democratas da base siqueirista para apoiar o governador Carlos Gaguim (PMDB) na campanha à reeleição, não se dá por vontade dos gestores, mas sim por necessidade enfrentada pelos municípios.

Segundo Damaso, desde que Gaguim assumiu o governo do Tocantins, as prefeituras acabaram ficando sem assistência do Palácio Araguaia. “Eu vejo os prefeitos muito fragilizados pela falta de apoio do Estado”, completou.

De acordo com o deputado, esta suposta falta de apoio às prefeituras fragiliza os gestores municipais, o que os leva a apoiar a candidatura de Gaguim ao governo do Tocantins. “Eles estão tomando essa atitude, não por acreditar no Gaguim, mas por necessidade”, informou.

Entenda o caso

Ao todo, antes da campanha, o DEM possuía cerca de 23 prefeitos no Tocantins. Contudo, desde a definição da candidatura do governador Carlos Gaguim à reeleição, nomes importantes do partido optaram por aderir à campanha governista. Entre eles, estão nomes como o do prefeito de Araguaina, Valuar Barros.

Além de Valuar, que é o gestor do segundo maior colégio eleitoral do Tocantins, outros 93 prefeitos tocantinenses fazem parte da base de apoio de Gaguim nas eleições deste ano. A meta, segundo a coordenação política do governador é chegar aos 104 dos 139 prefeitos.

Adesões mais recentes podem vir esta semana das cidades de Brejinho e Araguaçu. As prefeitas das cidades, Miyuki Hyashida e Waltyr Rocha, respectivamente, vem sendo sondadas pela articulação governista para aderirem à campanha da “Força do Povo”.