Conexão Tocantins Araguaína

Polí­tica

12/04/2010 - Redação

Peemedebista do norte do Estado estiveram reunidos durante todo o dia de ontem, domingo, 11, na residência do presidente do PMDB de Araguaina, Helter Dantas.

Durante a reunião informal que contou com a presença de prefeitos, vereadores presidentes de câmara, presidentes de diretórios peemedebistas e lideranças da região norte do Estado, foram debatidos assuntos inerentes às eleiçoes 2010 e o grupo fechou questão e apoio irrestrito à pré-candidatura do governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB) ao Palácio Araguaia.

Para Helter Dantas o governador é “exemplo de administração competente e planejada, com planos e projetos para o futuro do Estado”. A grande novidade da reunião, entretanto, foi a decisão tomada na reunião em lançar como pré-candidato ao senado, o deputado federal e presidente regional do PMDB, Osvaldo Reis.

Segundo o presidente do diretório de Araguaina, o deputado é um parlamentar dinâmico, atuante, municipalista e que está sempre presente na base, mantendo contato com as lideranças e ouvindo suas reivindicações, “tornando-se acessível aos anseios da sociedade organizada”.

Para Helter Dantas é preciso contar com a experiência de 20 anos de mandato do deputado Reis, para estar atuando em nome do Estado e defendendo os interesses da população.

Dentre os presentes na reunião estavam o prefeito Dino, do PMDB de Araguanã e o vereador de Araguaina, Gerônimo Cardoso. Os dois irão liderar uma movimentação por toda a região norte do Estado, com prefeitos, vereadores, presidentes de diretório, delegados e lideranças da região.

Para os próximos dias é aguardada uma grande reunião na cidade de Araguaina, para convencer o deputado à aceitar a indicação convocação dos companheiros de partido.

Helter Dantas explica que o partido já têm dois pré-candidatos, Marcelo Miranda e Leomar Quintanilha e que uma terceira opção só vêm demonstrar o quanto o PMDB é rico em nomes e mostra a força do partido. Todos os três têm méritos de sobra para pleitear a vaga, segundo Dantas, “e só resta esperar as conveções em 25 de junho” finaliza o presidente.