Conexão Tocantins Araguaína

Geral

26/03/2010 - Redação

Foto: Divulgação

No 7º Reconhecimento e Premiação Nacional das Micro e Pequenas Empresas foram homenageados os nove vencedores da etapa nacional. Entre os vencedores está o empresário da categoria agronegócio de Araguaina (TO), Fazenda Vale do Boi, o senhor Epaminondas de Andrade. A cerimônia foi realizada em Brasília/DF, na terça-feira (23), no Brasília Alvorada Hotel. A entrega dos troféus aos grandes vencedores foi feita pelo presidente e fundador do Movimento Brasil Competitivo (MBC), o empresário Jorge Gerdau, e pelo presidente do Sebrae, Paulo Okamotto.

Em seu discurso ao receber o prêmio das mãos do empresário Jorge Gerdau, Epaminondas relatou que foi uma emoção muito grande este reconhecimento que veio de uma forma idônea e irá dar visibilidade ao trabalho de toda uma vida, juntamente com a família e os seus colaboradores. “Esse prêmio servirá para contribuir com o agronegócio no Tocantins e será exemplo para a classe agropecuária do Estado. Penso que a empresa deve contribuir para o desenvolvimento da sociedade gerando renda e mostrando que com empenho e dedicação pode-se ir muito além”, finaliza o empresário.

Também participaram da cerimônia o ministro da Previdência, José Pimentel, o Secretário Nacional de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia, Ronaldo Mota, o diretor-técnico do Sebrae/NA, Carlos Alberto dos Santos, o diretor de Administração e Finanças da Instituição do Sebrae/NA, José Cláudio dos Santos, a diretora-técnica do Sebrae/TO, Mila Jaber, entre outras autoridades.

No Tocantins o prêmio foi criado em 26 de outubro de 2004 e realizou seu primeiro ciclo em 2005. Até o momento 2084 empresas participaram dos três ciclos, 2004 (57), 2005 (60), 2006 (206), 2007 (116), 2008 (553) e 2009 (1092).

Próxima edição

A expectativa é que a próxima edição do MPE Brasil registre aproximadamente 75 mil inscrições no país e o aumento de pelo menos 1% de registro de empresas em cada Estado. Essa decisão do Comitê Técnico do Prêmio é para ampliar o número de empreendimentos comprometidos com a qualidade.

Criado em 2004, o prêmio é promovido pelo Movimento Brasil Competitivo (MBC), Sebrae Nacional, Grupo Gerdau e Fundação Nacional da Qualidade, com patrocínio do Governo Federal, Grupo Gerdau, Petrobras, Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Votorantim e apoio da construtora Odebrecht.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Sebrae