Conexão Tocantins Araguaína

Meio Ambiente

21/09/2017 - Redação

Foto: Marcos Filho

Mais de 70 mudas de árvores nativas doadas pelos viveiros municipais foram plantadas às margens do Córrego Engano e no Parque Cimba na manhã desta quinta-feira 21, em Araguaína. As atividades são em comemoração ao Dia da Árvore e realizadas por técnicos da Secretaria Municipal do Meio Ambiente em parceria com escolas estaduais.

O objetivo do plantio no córrego, que fica localizado no Setor Universitário, na região norte da cidade, é revitalizar uma área no final da Rua Rousseau que vem sofrendo com degradações e assoreamento. Participaram das atividades 40 alunos do Centro de Ensino Médio Paulo Freire e foram plantadas 50 mudas no local.

A moradora do Setor Universitário Ana Cláudia de Carvalho disse a atitude pode refletir no futuro do córrego. “Estou muito feliz com essa atitude. Para os moradores também verem e refletirem que têm de ajudar, principalmente nós que sofremos muito com as queimadas. Aqui está muito desmantado, no passado aqui era muito bonito”.

Fazendo a diferença

Para a professora Antônia Alves, a aula não fica só no plantio, mas também na observação do meio ambiente. “Esta ação vem contribuir já que o Tocantins está no ranking de queimadas e não é longe, é nos quintais das casas, a gente está fazendo essa conscientização nesta aula de campo, todo o ambiente no entorno precisa ser observado, para que cada um possa fazer a diferença”.

A aluna Taynara Lopes, do 2º ano, reafirmou a importância da ação para o futuro. “Hoje essa ação mostrou para a gente o quanto é importante o plantio de árvores, para que tenhamos mais sombra, respiramos um ar mais puro e evitar queimadas também, pois prejudica muito à saúde”.

Parque Cimba

Já no Parque Cimba, foram plantadas 20 mudas na região da mata que margeia o Córrego Canindé. O plantio contou com participação de 35 alunos do Centro de Ensino Médio Castelo Branco.

Ações contínuas

A região de Araguaína terá mais de 50 nascentes recuperadas nos próximos anos. O Projeto Olhos D’Água será implantado na bacia do Rio Lontra e prevê o cercamento de áreas para preservação e plantio de mais de 75 mil mudas. O monitoramento será feito pela Prefeitura e Organização Não-Governamental Natura Ativa.

Além do projeto, o Município também desenvolve outras ações na parte ambiental, como o trabalho minucioso para catalogar mais de 140 nascentes que estão dentro do perímetro urbano e a despoluição e recuperação dessas nascentes, promovendo também o envolvimento da comunidade na preservação ambiental desses locais e previstos parques e área de preservação ambiental, além do Parque Cimba.

Por: Redação

Tags: Araguaina, Mudas de Árvore