Conexão Tocantins Araguaína

Araguaína

29/03/2016 - Redação

Foto: Marcos Filho

Mais 199 famílias inscritas nos programas Casa Para Quem Precisa e Minha Casa Minha Vida assinaram contratos do Residencial Lago Azul I, na manhã de hoje, no Ginásio de Esportes do Bairro São João. Nesta etapa, são 1.030 famílias, que serão beneficiadas com a entrega das residências, prevista para acontecer ainda este ano de 2016. O residencial é uma parceria da Prefeitura de Araguaína, por meio da Secretaria da Assistência Social, Trabalho e Habitação, e Governo Federal, por meio da Caixa Econômica Federal (CEF).

De acordo com o secretário municipal da Assistência Social, Trabalho e Habitação, José da Guia, quem está participando dos contratos devem ficar atentos que em breve acontecerá mais sorteios de endereços e em seguida assinaturas. “Ainda não temos a data da entrega das chaves visto que esse cronograma é passado pelo Governo Federal”, explicou.

O prefeito Ronaldo Dimas esteve no local, acompanhou as assinaturas de contratos e conversou com moradores. “Fico muito feliz em poder contribuir ajudando tantas famílias a realizar o sonho da casa própria”, disse.

Beneficiários

O sorriso estava estampado no rosto da auxiliar de serviços gerais Maria do Remédio Alves de Souza, de 37 anos. “Estou muito feliz, sou divorciada, tenho dois filhos e moro de favor. Vou ter agora a minha casa e isto é maravilhoso”, disse contente.

Suzana Leite dos Santos e o esposo Jair Rodrigues Ferreira assinaram juntos o contrato. “É muito gratificante é um sentimento até inexplicável, estou ansioso e não vejo a hora de receber as chaves”, comentou Jair.

Habitação

Araguaína possui o segundo maior programa habitacional da região Norte do Brasil. Ao todo, são 6.115 unidades, sendo 2.530, no Lago Azul III, destas já foram entregue 500 casas. No Construindo Sonhos são 416 imóveis e no Costa Esmeralda 1.788 todas também já entregues às famílias.

Em 2016, além das unidades do Residencial Lago Azul I que serão entregues à comunidade, estão previstas a construção de mais 1.381 imóveis, para os residenciais Primavera e Parque do Lago.