Conexão Tocantins Araguaína

Araguaína

23/09/2014 - Redação

O Aeroporto de Araguaína está incluso na listagem dos 100 aeroportos regionais do Brasil com maior potencial de desenvolvimento. A afirmação é resultado de um estudo elaborado pela empresa paulista de inteligência de mercado Urban Systems e apresentado durante a abertura da Airport Infra Expo & Aviation Expo, em São Paulo, na última semana. O “Ranking dos Aeroportos Regionais: Potencial de Desenvolvimento” colocou o terminal da cidade na 43ª posição final.

O levantamento apresenta também os 20 aeroportos com “muito alto” potencial, 20 com "alto" de desenvolvimento, 20 que têm potencial "médio" e 40 têm potencial "baixo". O aeroporto de Araguaína é o terceiro da listagem dos 20 terminais considerados de médio potencial. A base para o estudo foi o programa de investimentos em logística para aeroportos do governo federal, que observou também fatores como infraestrutura e localização, transporte de passageiros, transporte de cargas, hospedagem, varejo e educação.

Nova Fase

De acordo com o prefeito da cidade, Ronaldo Dimas, a gestão está preparando o aeroporto para um novo salto, a partir do Programa de Investimentos em Logística, do Governo Federal. “Iremos fazer um novo terminal de passageiros, ampliar as cabeceiras das pistas e o pátio de aeronaves, mudar de lugar alguns hangares, a fim de melhor a estrutura do aeroporto”, afirma o prefeito.

Dimas assegurou que as obras devem iniciar já no próximo ano. “Essas obras serão realizadas e concluídas em 2015. Neste mesmo ano, iniciaremos também a duplicação da avenida que dá acesso ao terminal, a Dionísio Farias, e ampliaremos o estacionamento do aeroporto. Futuramente também teremos terminais de carga em funcionamento no aeroporto de Araguaína”.

Investimento

Os complexos aeroportuários fazem parte do Programa de Investimentos em Logística de Aeroportos do Governo Federal, que prevê investimentos superiores a R$ 7,3 bilhões em 270 aeroportos regionais brasileiros. Em entrevista à imprensa, o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco, afirmou que o objetivo é garantir que 95% dos brasileiros tenham um aeroporto a menos de 100 quilômetros de distância. O objetivo do levantamento, além de avaliar o potencial dos complexos, é destacar o papel indutor dos aeroportos na economia regional. (Ascom Araguaína)