Conexão Tocantins Araguaína

Araguaína

17/09/2014 - Redação

Os quatro dias de mutirão (9, 10, 11 e 12/9) realizado pelo Juizado Especial Cível da Comarca de Araguaína fechou com números expressivos. A mobilização, focada nas ações de responsabilidade civil contra seguradoras, realizou 626 audiências, homologando 484 acordos, um percentual de 77,31%. O trabalho foi realizado pelo titular da Vara, juiz Deusamar Alves Bezerra, e pela equipe do próprio juizado.

O magistrado titular da Vara informou que os acordos entabulados geraram um montante de R$ 2,167,285,60 (Dois milhões, cento e sessenta e sete mil, duzentos e oitenta e cinco reais e sessenta centavos) a serem pagos aos demandantes. O balanço apresentado pelo Juizado Cível ainda indica que foram proferidas 90 sentenças de extinção sem resolução de mérito e nove com julgamento de mérito.      

Ainda neste mês de setembro, nos dias 22, 23 e 24, o Juizado realizará um novo mutirão. Estão previstas 161 audiências contra empresas diversas (bancos, empresas aéreas, de telefonia, distribuição de energia, dentre outras). 

Os mutirões já fazem parte da rotina do Juizado Especial, por ano o juiz Deusamar Alves separa as ações por demandas repetitivas e realiza quatro mobilizações. Nos meses de maio e junho o magistrado realizou mutirões envolvendo demandas do Seguro Obrigatório DPVAT, 500 audiências; e cobranças indébitas, 400 audiências. (Ascom TJ)