Conexão Tocantins Araguaína

Araguaína

22/05/2014 - Redação

A Comarca de Araguaína comemora a digitalização do Juizado Especial da Infância e Juventude, a primeira vara judicial da localidade a ser 100% digitalizada. O trabalho foi finalizado na última semana com a inserção dos processos no Sistema Eletrônico e-Proc. A ação foi coordenada pela diretora do Foro e titular do juizado, juíza Julliane Freire Marques.

Cerca de 700 processos que restavam físicos foram digitalizados e inseridos no sistema. Os servidores do Juizado, um escrivão, três escreventes e estagiários trabalharam durante aproximadamente 8 meses para garantir a entrada da unidade judicial na era digital. A virtualização transformou a rotina de trabalho, como afirma a escrivã Yana Rodrigues de Lira Frederico, "facilitou muito e vem promovendo mais agilidade no andamento dos processos".  

Para a juíza Julliane Freire com os processos virtuais os benefícios são inúmeros, tanto para a Justiça, quanto para os jurisdicionados. "A digitalização de 100% dos processos do Juizado da Infância e Juventude de Araguaína, uma vara onde a celeridade no trâmite das demandas é essencial, atende ao princípio da razoável duração do processo, pois permite a economia de tempo para a prática de diversos atos o que, consequentemente, culmina com a solução mais rápida das demandas e preservação dos direitos das crianças e adolescentes", garante a magistrada.

Atualmente tramitam no juizado 1.015 processos, todos por meio do Sistema Eletrônico e-Proc. A digitalização de processos físicos é uma das ações que estão inseridas no Programa de Gestão 2013/2015 do TJTO que tem foco no 1º Grau de jurisdição.https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif(Ascom TJ)