Conexão Tocantins Araguaína

Economia

01/04/2014 - Redação

Desde o ano passado, o Prodivino abriu oportunidade para os mutuários que não estão em dia com o pagamento de empréstimo do programa Nossa Oportunidade de renegociarem suas dívidas com descontos. Esta semana, uma equipe do órgão está na cidade de Araguatins, na região do Bico do Papagaio, no Sine da cidade, para receber propostas de renegociações dos que se enquadram nesta situação e querem liquidar a dívida e ficar em dia com o pagamento. A equipe fica até sexta-feira, 04, na cidade.

A chefe de divisão do Prodivino, Célia da Silva, que estará na cidade durante estes dias, explica que a equipe estará na cidade para atualizar o valor dos boletos, orientar na realização do depósito e, dependendo do caso, renegociar o valor com desconto.

O presidente da instituição, Mazinho Morais, explica que os mutuários em débito com o Prodivino continuam tendo a oportunidade de renegociar suas dívidas, podendo ter descontos de até 70% no valor dos juros. “Essa renegociação é uma grande oportunidade de contribuir para que o empréstimo ajude pessoas a melhorarem de vida, dando a elas mais uma oportunidade”.

Nossa Oportunidade

O Nossa Oportunidade é um programa do Governo do Tocantins que oferece empréstimos para pequenos comerciantes, profissionais autônomos, prestadores de serviço e para todos que querem começar ou ampliar um pequeno negócio. O dinheiro é destinado à compra de equipamentos, matérias-primas e capital de giro.

A linha de crédito já ofereceu, nos últimos três anos, cerca de R$ 35 milhões em microcréditos para milhares de empreendedores tocantinenses, beneficiando também segmentos organizados como mototaxistas, prestadores de serviços nas praias do meio ano e fomentando festas tradicionais, por meio de empréstimo aos que trabalham durante estes eventos.

Empréstimo

O programa oferece juros atrativos, abaixo do mercado. A taxa é de 1% ao mês, com desconto de 0,5% para quem pagar em dia. A principal exigência que o programa faz é que os filhos do beneficiário estejam matriculados na escola; não exige comprovação de renda; não faz consulta ao SPC e Serasa; não precisa de projeto; o avalista é indicado pelo proponente (não pode ser o cônjuge); atende quem já é beneficiado por programas sociais, como Bolsa-Família ou Pioneiros Mirins; prazo de até 22 parcelas para pagar; sendo que a primeira parcela tem carência de 90 dias.

Para fazer seu empréstimo no Nossa Oportunidade, o interessado deve procurar uma agência do Prodivino, postos de atendimento ou ainda uma das unidades móveis que percorrem o Estado.