Conexão Tocantins Araguaína

Saúde

26/02/2014 - Redação

Foto: Divulgação

A Fundação de Amparo à Pesquisa (FAPT), órgão vinculado a Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) apresentará na quinta-feira, 27, a partir das 9h no auditório da Associação Comercial e Industrial de Araguaína (Aciara), a 385 km de Palmas, o edital do PPSUS – Programa de Pesquisa para o SUS: Gestão compartilhada em saúde; para a comunidade científica da região.

Na ocasião o assessor técnico da Sedecti, Alan Rickson Andrade, apresentará para os pesquisadores, professores e representantes de universidades e instituições de pesquisas, todos os detalhes do edital que disponibiliza R$ 600 mil para apoiar atividades de pesquisas. “O objetivo é alcançar o público alvo desse edital que é a classe científica, além de ser uma oportunidade de mostrar como o Programa funciona. Vamos tirar dúvidas, explicar detalhadamente e incentiva-los a se inscrever”, explica Andrade. 

O recurso já foi liberado e é 25% maior do que o valor disponibilizado no último Edital. Parte do aporte financeiro é do Governo do Estado, por meio da Fapt – Fundação de Amparo à Pesquisa e Sesau – Secretaria de Saúde do Estado; o restante da verba é do Ministério da Saúde, por meio do CNPq – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

O edital deve apoiar projetos distribuídos em duas faixas. Uma específica para pesquisadores com título de doutor, deve financiar propostas de até R$ 50 mil. Outra, para mestres, disponibilizará até R$ 30 mil para as pesquisas aprovadas.

Podem inscrever propostas pesquisadores mestres e/ou doutores com vínculo empregatício ou funcional em instituição científica ou tecnológica situada no Tocantins ou em instituições públicas das esferas municipais, estaduais e federais. As inscrições seguem até o dia 24 de março, para cadastro online do projeto e dia 25 para entrega da documentação.

Os projetos devem respeitar os temas previstos no edital. São eles: Avaliação Tecnológica, Gestão e Planejamento em Saúde; Doenças Crônicas Não Transmissíveis; Saúde e Ambiente; Doenças Transmissíveis; e Saúde de Populações Específicas. Os temas ainda estão subdivididos em 23 linhas temáticas.

O edital com informações como a documentação necessária e os endereços para inscrição, está disponível para download através do link. O resultado final deve ser divulgado no dia 26 de maio desse ano. A previsão é de que, em média, 15 pesquisas sejam financiadas nesta ação.

Gurupi

Na ultima terça-feira, 25, a equipe da Sedecti apresentou o edital no mini auditório do IFTO – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins, para a classe científica da região de Gurupi. Na oportunidade pesquisadores, professores e representantes de instituições de pesquisas puderam tirar dúvidas sobre o funcionamento do edital.