Conexão Tocantins Araguaína

Educação

21/11/2013 - Redação

Nesta quinta-feira, 21 de novembro às 19 horas será realizada a Aula Inaugural de três novos cursos ofertados pelo polo do IFTO de Colinas do Tocantins na modalidade EaD -Educação a Distância, por meio da Rede e-Tec Brasil -Escola Técnica Aberta do Brasil.

A aula inaugural dos cursos técnicos em Agroecologia, Secretariado e em Meio Ambiente na modalidade a distância contará com a presença do prefeito de Colinas, José Santana Neto, da coordenadora do polo Odaléa Barbosa de Sousa Sarmento, alunos matriculados, representantes do Instituto Federal do Tocantins e do Ministério da Educação.

No Tocantins, a Rede e-Tec Brasil é promovida pela Sedecti - Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, em parceria com o MEC -Ministério da Educação, e as prefeituras dos municípios onde existem os polos de Educação a Distância. 

O polo do IFTO em Colinas foi fundado no ano de 2012, sendo oferecidas através de processo seletivo, 200 vagas para os cursos de Controle Ambiental, Manutenção e Suporte em Informática, Segurança do Trabalho e Serviços Públicos.

Neste ano, aconteceu o segundo processo seletivo, oportunizando formação para 150 cidadãos, na área de Agroecologia, Meio Ambiente e Secretariado. Os cursos terão duração de um ano e meio com aulas on-line através da plataforma Moodle - um ambiente virtual de aprendizagem - com momentos presenciais no Polo no mínimo uma vez ao mês.

O prefeito de Colinas, José Santana Neto, destacou a importância desses cursos profissionalizantes para a população. “A implantação desses novos cursos com a intenção de atender à demanda das empresas irá qualificar a mão-de-obra dos colinenses que estão buscando novas oportunidades de conhecimentos e inserção destes profissionais no mercado de trabalho; alavancando o processo de desenvolvimento da cidade com geração de emprego e renda", afirmou.

A coordenadora do polo, Odaléa Barbosa, enfatizou a necessidade de atender aos anseios da comunidade em relação à capacitação profissional. “Os recursos tecnológicos disponíveis, hoje, diminuem as dificuldades existentes pela distância física entre alunos e professores, uma vez que a educação a distância (EAD) está crescendo e tomando espaço, por isso creditamos na capacitação dos colinenses, sendo a profissionalização o sonho de muitas pessoas e um beneficio para a  cidade”, afirmou.