Conexão Tocantins Araguaína

Saúde

04/11/2013 - Redação

Foto: Leila Mel / Ascom Prefeitura Ronaldo Dimas recepciona os seis médicos cubanos Ronaldo Dimas recepciona os seis médicos cubanos

Na tarde da última sexta-feira, 1º de novembro, seis médicos cubanos do Programa Mais Médicos, do Governo Federal, chegaram em Araguaína e foram recepcionados pelo prefeito Ronaldo Dimas na sala de reuniões do gabinete. Os profissionais, cinco mulheres e um homem, vão se juntar a mais duas médicas do programa que já estão atuando na cidade. “Desde o início, trabalhamos na saúde em duas frentes: reestruturação física das UBSs e melhoria no quadro de servidores. Esses médicos serão fundamentais para tornar o serviço mais eficiente”, disse Ronaldo.

A ideia da Secretaria de Saúde é deixar as Unidades Básicas de Saúde mais próximas da comunidade, descentralizando os atendimentos. De acordo com o secretário Rubens Neves, a tendência é humanizar ainda mais os atendimentos. “Os novos postinhos que serão construídos terão essa característica. As famílias terão um vínculo maior com os médicos e vamos colocar mais UBSs dentro dos bairros ao invés de centralizar o atendimento em grandes unidades”, reforçou Neves.

Nesse primeiro momento, a Prefeitura fará um diagnóstico de cada área onde os médicos cubanos vão atender. Eles vão passar por uma capacitação sobre todos os programas de saúde pública da Atenção Básica. “Nosso foco é a prevenção. Nesta fase de adaptação dos profissionais, vamos estudar as comunidades para apresentar as principais demandas para cada um dos cubanos”, explicou o secretário.

Dois médicos serão lotados na UBS do setor Araguaína Sul, dois na unidade do Bairro São João, um na do setor Couto Magalhães e um na unidade do Bairro de Fátima.

Realidade

Durante a recepção, Ronaldo ressaltou que a permanência dos médicos na cidade é um dos pontos fundamentais para o bom atendimento. “Enfrentamos um problema de rotatividade de profissionais nas UBSs. Poucos ficavam nos cargos por longo tempo, o que tornava difícil a criação de vínculos com os usuários, e isso é muito importante durante o atendimento. Os cubanos chegam num momento importante para a cidade, quando muitas melhorias estão acontecendo e estamos convictos de que eles serão decisivos nas mudanças”, enfatizou o prefeito. (Ascom Prefeitura de Araguaina)

Por: Redação

Tags: Araguaina, Mais Médicos, Ronaldo Dimas, Saúde