Conexão Tocantins Araguaína

Polí­cia

21/10/2013 - Redação

Foto: ASCOM 2º BPM Homens presos por porte ilegal de armas Homens presos por porte ilegal de armas

O 2º Batalhão da Polícia Militar tem realizado diversas operações surpresas para combater a criminalidade em Araguaína. Já foram 20, sendo que nesta última os militares retiraram das ruas drogas, diversos instrumentos da prática de crimes relacionados ao uso de drogas, simulacro de arma de fogo, facas, tesouras e estiletes. Três homens foram presos com arma de fogo. Eles assustaram diversas pessoas em uma festa dançante.

As ações começaram às 16 horas e a meia noite de ontem, 20 o comandante do 2º Batalhão Major Silva Neto, acionou 35 policiais militares em sete viaturas e, de surpresa para todos, deslocou-se para as ruas de Araguaína. A Operação apreendeu duas pedras de crack, um papelote com cocaína, duas porções pequenas de maconha, uma porção de fumo misturado com maconha, um simulacro de arma de fogo, 12 cachimbos para uso de crack, 20 isqueiros, 23 instrumentos para fabricação de cachimbos, quatro recipientes para guardar cachimbos e drogas, sete facas, duas tesouras, um pedaço de serra, uma colher e um revólver calibre 38 carregado com seis munições intactas.

O revólver foi apreendido com três homens que os Policiais Militares prenderam às 20h10min, quando a Central de Rádio Patrulha do 2º BPM acionou uma RP notificando que no Povoado Água Amarela havia três homens assustando pessoas com uma arma numa festa dançante. O Comandante imediatamente deslocou-se para aquela região com todas as viaturas da operação divididas estrategicamente para fazer o cerco da área. Os militares prenderam André Carvalho da Silva Júnior, 27 anos, Adevando Gomes de Oliveira, 28 anos, e Adriano Gomes de Oliveira, 24 anos. Eles estavam foragindo-se do local em duas motos. André estava na garupa e, quando avistou a viatura policial, tentou enganar os militares jogando a arma em um lote baldio.

Os Policiais Militares perceberam a ação dos infratores e de forma rápida e objetiva realizaram a abordagem não dando chance para eles escaparem. Os infratores negaram que estavam armados, mas os militares fizeram uma varredura no matagal e encontraram a arma. A Polícia Militar então deu voz de prisão para os envolvidos e os conduziu para a DP de Plantão onde foram autuados em flagrante pelo porte ilegal de arma de fogo. O Major Silva Neto demonstrou sua satisfação por mais esse resultado positivo das operações surpresa em Araguaína. “Avançamos mais um pouco contra o crime, pela manutenção de uma vida social bem tranquila para a comunidade. É isso aí, Guerreiros, essa vitória não é só nossa, mas de toda a sociedade de Araguaína”, ressaltou Silva Neto, parabenizando os militares e a comunidade. (ASCOM/2º BPM)