Conexão Tocantins Araguaína

Economia

26/09/2013 - Redação

Foto: Weberson Dias Frigorífico Minerva em Araguaína Frigorífico Minerva em Araguaína


A carne processada na empresa de alimentos Minerva, nas unidades de Araguína bem como de Barretos (SP) são estão proibidas de serem exportadas para a Rússia, em caráter temporário, junto com unidades de outras empresas brasileiras.
De acordo com o assessor de imprensa da empresa de alimentos Minerva, Fernando Antunes da Agência Ideal, a suspensão da unidade de Araguaína no processo de exportação para a Rússia não irá afetar a produção local e nem ocasionar demissões.

A Minerva S.A. informou por meio de nota que irá continuar exportando para a Rússia por meio de outras unidades da companhia no Brasil, Paraguai e Uruguai. “adequamos as demandas russas para estas unidades, a fim de anular o efeito desta suspensão”, explicou a empresa em seu comunicado.

A suspensão da entrada da carne processada pela companhia Minerva nas unidades de Araguaína e Barretos foi anunciada na tarde de ontem, 25. Dez fornecedores brasileiros estão na lista de suspensão temporária, mas o serviço veterinário não citou os nomes das empresas. O mercado russo é o principal para as carnes brasileiras.

Já não é a primeira vez que os russos colocam restrições à carne brasileira, quando isso ocorre as empresas amenizam exportando o produto por unidades liberadas, a exemplo do Minerva.
Essa não é a primeira vez que os russos colocam restrições à carne brasileira, suspensões essas que costumam ser amenizadas pelas empresas por meio de exportações do produto de unidades liberadas. (Com informações da Reuters Brasil)

Comunicado da empresa de alimentos Minerva
COMUNICADO AO MERCADO

Barretos, 25 de setembro de 2013

A Minerva S.A. (“Companhia”), uma das líderes no América do Sul na produção e comercialização de carne in natura, gado vivo e seus derivados e que atua também nos segmentos de processamento de carne bovina, suína e de aves, informa a seus acionistas e ao mercado em geral que o serviço de fiscalização veterinária e fitossanitária da Rússia suspendeu temporariamente as importações de determinadas unidades frigoríficas no Brasil,
incluindo duas unidades do Minerva (Araguaína e Barretos).

Adicionalmente, informamos que outras unidades da companhia no Brasil, Paraguai e Uruguai continuam habilitadas para exportar para a Rússia. Deste modo,adequamos as demandas russas para estas unidades, a fim de anular o efeito desta suspensão.
Barretos, 25 de setembro de 2013
Minerva S.A.
Eduardo Pirani Puzziello
Diretor de Relações com Investidores