Conexão Tocantins Araguaína

Estado

17/07/2013 - Redação

Foto: Leyla Mell

O prefeito de Araguaina, Ronaldo Dimas (PR), reuniu-se com uma comissão de pastores evangélicos da cidade, na manhã desta quarta-feira, 17, para esclarecer a interdição da Igreja Missão Vida Nova Internacional, no Jardim Santa Helena, ocorrida na última sexta-feira, 12. Ronaldo tranquilizou os representantes com relação à situação. “Peço desculpas pelo ocorrido e garanto que, daqui pra frente, daremos novas orientações à fiscalização de como proceder em casos de igrejas, entidades e outras instituições com fins sociais”, disse o prefeito. Ronaldo também afirmou que irá verificar os procedimentos adotados para a interdição.

O representante da igreja, pastor Francisco Bueno, reforçou que a comunidade evangélica mostrou-se surpresa com o fato e apreensiva com os desdobramentos que a ação poderia tomar. “Mas confiamos na preocupação do prefeito com o bem estar da sociedade. Queremos deixar claro que estamos à disposição da lei e estamos aqui para amadurecer o relacionamento com o poder público”, relatou. Os pastores solicitaram, ainda, apoio do município para que a igrejas possam se adequar ao Código de Postura.

Em resposta ao pedido, o prefeito afirmou que buscará um profissional especializado em tratamento acústico para auxiliar os pastores no revestimento correto de cada igreja e medidas simples para o isolamento do som. “Sabemos, também, da importância de cada comunidade religiosa nos trabalhos sociais, por isso buscaremos mais parcerias com as igrejas para desenvolver estas atividades”, finalizou Dimas.