Conexão Tocantins Araguaína

Polí­tica

14/06/2013 - Redação

Foto: Divulgação

O aumento da criminalidade em Araguaína protagonizou um pedido oficial do deputado Lázaro Botelho (PP) à Superintendência da Polícia Federal do Tocantins (PF/TO) nesta última quinta-feira, 13. Em audiência com o Superintendente do órgão, Élzio Vicente, e com o Delegado Regional de Araguaína, Guilherme Nunes, Botelho solicitou reforço emergencial ao controle do tráfico de drogas na cidade. “Araguaína está vivendo nos últimos meses uma rotina metropolitana de violência. Foram mais de 15 assassinatos nos últimos 60 dias. As drogas, sem dúvida, é a origem de boa parte dos crimes”, justificou.

A audiência atende a um requerimento da Câmara Municipal de Araguaína, apresentado pelos vereadores Divino Betânia Júnior (PSD), Terciliano Gomes (PV) e soldado Alcivan (PP). Esse último, presente na audiência.

Botelho alertou que o alto índice de violência em Araguaína está crescendo em função da redução da capacidade operacional das polícias e que, por essa razão, o tráfico de drogas tem avançado. Ainda conforme o deputado, uma força-tarefa promovida pelas policias estaduais tem ajudado a reprimir a violência, mas o reforço da PF será determinante.

Lázaro também se posicionou em favor dos comerciantes da cidade que sofrem com constantes ameaças. “Em Araguaína, no entorno da rodoviária e próximo à Feirinha, o consumo de drogas levam homens, mulheres e até crianças a perambularem à luz do dia, dividindo espaço com traficantes. Os comerciantes daquela região vivem apavorados e se queixam constantemente dos arrombamentos, furtos e roubos. Como em Araguaína não se produz drogas nem armas, a intensificação das ações da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal é muito importante para dificultar a entrada destes produtos na nossa cidade”, disse.

Em resposta aos questionamentos do deputado, o superintendente da PF disse que já vem atuando no combate à violência na cidade. Vicente informou que a troca de informações entre os setores de inteligência da PF com as polícias estaduais estão sendo decisivos na elucidação de crimes. O superintendente se comprometeu com o Deputado a reforçar as ações na cidade, podendo, inclusive, realizar uma operação tática em conjunto com a Polícia Civil e Militar nos locais de maior incidência de crimes. O objetivo: apreender armas, combater o tráfico de drogas e buscar foragidos da Justiça.

Ainda durante o encontro o vereador soldado Alcivan convidou o Superintendente para participar de uma Audiência Pública que será realizada na Câmara de Araguaína, com as presenças das principais autoridades da área de Segurança do Estado. “A luta contra a violência é um dever de todos os araguainenses e nós não mediremos esforços para auxiliar as forças de segurança a vencer esta guerra”, declarou o Vereador.

“Para tranquilizar a nossa população é preciso investimentos em segurança. É preciso reforçar o controle das nossas fronteiras, dar melhores condições aos nossos policiais, investir em tecnologia e equipamentos. Também temos que intensificar as ações nas áreas de educação, saúde e de assistência social para livrar nossos jovens desse mal. Para combater o aumento da violência em Araguaína e no norte do Tocantins é preciso fazer algo, e que seja agora, unindo esforços federais, estaduais e municipais”, completou Botelho.