Conexão Tocantins Araguaína

Estado

15/05/2013 - Redação

Foto: Divulgação

A proposta para implantação e o modo de funcionamento do projeto Integrar, foram apresentados, nesta última terça-feira, 14, ao prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas e secretários municipais. O projeto conta com a participação de 9 juntas comerciais de todo país, sendo que a Jucetins – Junta Comercial do Tocantins é a sétima a ser implantada. 

Realizaram a apresentação deste sistema de integração e simplificação o secretário da Sedecti – Secretaria Estadual do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Massuia, juntamente com a superintendente do Sebrae – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Márcia Rodrigues e o presidente da Jucetins, Antônio Milhomem. 

Nesta apresentação o secretário da Sedecti destacou a importância da participação das prefeituras e lembrou que a apresentação do projeto começa pela cidade de Araguaina, importante polo comercial do Estado e que concentra grande parte das micro e pequenas empresas. “Este sistema irá desburocratizar a abertura ou fechamento de empresas o que irá beneficiar diretamente o empreendedor. O que hoje leva cerca de 90 dias, com a implantação do projeto irá ser resolvido em 5 dias”, explicou Massuia aos presentes destacando que o programa irá contribuir para tirar o empresário da informalidade. “Vamos percorrer cerca dos 15 maiores municípios do Tocantins apresentando e implantando este sistema”, anunciou aos presentes. 

A digitalização e a informatização dos processos é um dos principais destaques deste programa e a Jucetins está responsável pela implantação e manutenção do Projeto Integrar no Tocantins. O objetivo é envolver todos os órgãos estaduais e municipais responsáveis pela formalização de empresas, para promover a simplificação dos processos e procedimentos, destacou o presidente do órgão, Antônio Milhomem. 

O prefeito Ronaldo Dimas destacou que com este sistema conectado haverá uma melhoria na integração e na facilidade de abertura de empresas o que vai facilitara a vida do empresário, lembrou o prefeito. Durante a reunião também ficou acertado a criação de um grupo para o estudo da simplificação dos processos e documentação necessária para abertura de empresas em Araguaína. 

O Sebrae entra com a capacitação e a consultoria para que haja uma aceleração neste processo, anunciou a Superintendente do órgão, Márcia Rodrigues. “Estamos a disposição para colocar em ação este sistema que funcionará beneficiando diretamente empresário de micro e pequenas empresas”.

RedeSim

Redesim é a Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios, criada pela Lei 11.598 de 2007, que concentra serviços combinados das esferas federal, estadual e municipal como forma de impulsionar a formalização de empresas e fomentar riquezas. (Ascom Sedecti)