Conexão Tocantins Araguaína

Polí­cia

08/05/2013 - Redação

A Polícia Militar reforçou o policiamento nas ruas de Araguaína, norte do estado, para combater ações criminosas e aumentar a segurança para população. A operação Fecha-Quartel teve início na última semana com a transferência de policiais do setor administrativo para o policiamento ostensivo nas ruas. Conforme o comandante geral da PM, coronel Luiz Cláudio Benício, esta é uma ação constante da PM para garantir a segurança da população em situações extraordinárias.

Na segunda maior cidade do Estado, cerca de 20 policiais foram destacados do administrativo do segundo batalhão para atender às demandas nas ruas. De acordo com o comandante geral da PM, quando existe esta necessidade são destacados policiais de setores onde os serviços são de menor urgência no quartel. “A necessidade das ruas é muito maior que nos departamentos administrativos. Às vezes existem serviços internos que podem ser adiados; desta forma, o serviço interno não fica prejudicado”, disse.

O coronel informou ainda que a transferência de policiais do setor administrativo para o policiamento ostensivo é feita principalmente em períodos específicos e em eventos onde é preciso maior número de policiais nas ruas, como grandes shows ou eventos esportivos. “Neste último show, realizado na praça dos Girassóis, nós utilizamos efetivo do administrativo. Neste período de festejos, temporada de praias, sempre que for necessário, nós vamos fazer essa locomoção de policiais”, completou.

Início em Araguaína

Araguaína foi a primeira a receber o reforço policial pela importância estratégica e pelo porte do município em tamanho físico e número de habitantes. De acordo com o comandante da PM, outras cidades de maior porte no Estado, deverão receber reforço policial. “Vamos remanejar efetivos do QCG (Quartel do Comando Geral) em Palmas, em Gurupi, em Paraíso, em Porto Nacional, nas maiores cidades, onde houver necessidade”, frisou.

Conforme o coronel, ainda na última segunda-feira, 38 policiais da Companhia Independente de Policiamento Rodoviário e Ambiental (Cipra) foram destacados para reforçar o patrulhamento ostensivo nos municípios de Araguatins, Porto Nacional, além dos que já foram encaminhados para Araguaína. (Ascom)