Conexão Tocantins Araguaína

Estado

02/03/2013 - Redação

Foto: Divulgação

Faleceu nesta última sexta-feira, 1º de março, por volta das 13 horas o médico e ex-prefeito de Araguaina, Raimundo Gomes Marinho. O médico foi o 3° prefeito eleito da cidade de Araguaína, exerceu o mandato na década de 70, e deixou como marco histórico de seu Governo a criação da Bandeira do Município e a construção do Palácio Tancredo Neves, sede da prefeitura.

O sepultamento está marcado para a manhã deste sábado em Araguaina. Ele era casado com Arlete Costa Marinho e deixa quatro filhos. Marinho chegou a Araguaína no ano de 1969 e foi o primeiro médico a morar na cidade.

O médico era filho do ex-deputado estadual pelo Estado de Goiás, Raimundo Gomes Marinho, que legislou por 4 mandatos e  de Ana Maria da Cunha Marinho. Ele administrou a cidade durante 3 anos (70, 71 e 72) e teve como vice João de Sousa Lima.

Marinho era natural de Boa Vista do Tocantins, atualmente Tocantinópolis, estudou o ensino fundamental em Carolina no Maranhão, o médio em Goiânia e cursou medicina na Universidade Federal de Belém no Pará.

O governador do Estado, Siqueira Campos, lamentou a morte do ex-prefeito e disse que ele foi “um dos grandes exemplos de homem público e uma das figuras mais importantes desse Estado”. Confira abaixo a nota do governador.

NOTA DE PESAR

O Tocantins perdeu nesta sexta-feira, 1º de março, Raimundo Gomes Marinho, um dos grandes exemplos de homem público e uma das figuras mais importantes desse Estado. Ele e seu pai, Darcy Gomes Marinho, foram deputados estaduais e ajudaram a conscientizar e organizar o povo do então norte de Goiás para a conquista da autonomia e criação do Tocantins.

Homem com relevantes serviços prestados ao Estado, Raimundo Gomes Marinho foi prefeito de Araguaína, primeiro médico a residir no município e funcionário das Centrais Elétricas de Goiás.

Em nome do Governo do Estado, presto as mais justas homenagens a este cidadão de bem que honrou seu papel na vida pública. Aos familiares enlutados, como a sua companheira dona Arlete Costa Marinho, as minhas manifestações de pesar e solidariedade.

José Wilson Siqueira Campos

Governador