Conexão Tocantins Araguaína

Saúde

13/02/2013 - Redação

Foto: Divulgação Araguaina figura como o décimo município que mais investiu em saúde na região norte Araguaina figura como o décimo município que mais investiu em saúde na região norte

Levantamento realizado pela oitava edição do anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) em parceria com a Aequus Consultoria, apontou que as cidades de Belém e Manaus foram as que mais aplicaram recursos na área de Saúde, em 2011. Palmas, capital do Estado do Tocantins, que ficou em quarto lugar, está dentre as dez maiores despesas com Saúde na região Norte com um valor estimado em R$ 106.572,9 milhões. Araguaina, o décimo município que mais investiu na saúde também é do Tocantins com aplicação estimada de R$ 51.130,8 milhões.

 Segundo a publicação, os municípios do Norte gastaram 8,4% a mais na pasta do que no ano anterior, o correspondente a um montante da ordem de R$ 5 bilhões. O aumento nos recursos destinados à pasta, na região Norte, é percebido desde 2006.

 A cidade de Belém, por exemplo, que em 2007 aplicou R$ 492,7 milhões, destinou R$ 540,8 milhões em 2011. Pelos dados do anuário, as cidades com os maiores aumentos percentuais foram Rorainópolis-RR e Cruzeiro do Sul-AC, com percentuais de 30,7% e 22,5%, respectivamente.

Raio-X do Brasil - Saúde

Os municípios brasileiros investiram um valor recorde de R$ 83,3 bilhões em Saúde em 2011, segundo o anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil. O que se percebe, pelos dados do relatório, é que a aplicação de recursos na área tem se expandido, chegando ao dobro do valor investido nos anos de 2002 ou 2003. Para se ter uma ideia, o avanço da verba, entre os anos de 2010 e 2011, foi de 7,6%.

 A despesa com Saúde, para os municípios brasileiros representou 26,3%, em 2011. Sendo o principal investimento para 23,4% das cidades com dados disponibilizados, e ficando atrás apenas da pasta de Educação que representa 26,9% da despesa total.

 Em valores absolutos, os cinco maiores investimentos em Saúde ocorreram em São Paulo (R$ 5,8 bilhões), Rio de Janeiro (R$ 2,8 bilhões), Belo Horizonte (R$ 1,7 bilhão), Fortaleza (R$ 1,1 bilhão) e Porto Alegre (R$ 955,8 milhões).

 Em relação à despesa per capita, os municípios aplicaram, em média, R$ 438,99. O anuário aponta os maiores gastos por habitante em Saúde nas cidades com menos de 10 mil habitantes e nas com mais de 500 mil habitantes. E, entre as regiões, a despesa per capita foi maior no Sudeste, com R$ 509,47.

 Nesse item, os destaques ficaram para União da Serra-RS (R$ 76.172,02), Grupiara-MG (R$ 47.886,25), Santana da Ponte Pensa-SP (R$ 32.928,91), Douradoquara-MG (R$ 26.612,27) e São João de Iracema-SP (R$ 22.541,21).

Confira abaixo as 10 maiores despesas com Saúde na região Norte em 2011

Posição

UF

Município

Saúde em R$

População

PA

Belém

540.827,1

         1.402.056,0

AM

Manaus

513.016,2

         1.832.424,0

RO

Porto Velho

177.101,9

            435.732,0

TO

Palmas

106.572,9

            235.316,0

PA

Ananindeua

102.863,9

            477.999,0

AP

Macapá

94.399,6

            407.023,0

RR

Boa Vista

89.710,3

            290.741,0

AC

Rio Branco

69.979,2

            342.299,0

PA

Santarém

 69.760,5

             297.040

10º

TO

Araguaina

 51.130,8

            153.351