Conexão Tocantins Araguaína

Estado

18/12/2012 - Redação

Por meio de recomendação expedida no último dia 12 à Secretária de Estado da Saúde, Vanda Maria Gonçalves Paiva, o Ministério Público Estadual (MPE), por meio da 6ª Promotoria de Justiça de Araguaína, sugeriu que o Estado promova as ações necessárias e indispensáveis para melhor aplicação das verbas destinadas ao Hospital de Doenças Tropicais de Araguaína (HDT).

A Promotoria requisitou, também, o encaminhamento de relatórios e planilhas que comprovem as medidas efetivas tomadas, inclusive, para a construção do prédio definitivo do HDT, além das informações sobre o projeto de construção do prédio definitivo do Polo Regional de Imunização.

O promotor de Justiça Alzemiro Wilson Peres Freitas suspeita que há má administração dos recursos destinados às unidades, uma vez que a unidade mantenedora do HDT dispõe de recursos no montante de R$ 600.000,00, além de mais R$ 2.000.000,00 destinados à construção do Polo Regional de Imunização.

O Hospital de Doenças Tropicais de Araguaína é referência nesse tipo de tratamento, responsável pelo atendimento dos municípios do Tocantins e de algumas cidades do Pará e Maranhão. (Ascom MPE)