Conexão Tocantins Araguaína

Economia

02/12/2012 - Redação

Foto: Divulgação Distribuidora Petrobras no pátio multimodal da ferrovia em Palmas Distribuidora Petrobras no pátio multimodal da ferrovia em Palmas

O Tocantins foi o Estado brasileiro que apresentou maior evolução nos números do PIB – Produto Interno Bruto. Segundo dados divulgados pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a taxa de crescimento anual do Estado ocupa o primeiro lugar do ranking nacional, registrando 14,2% em 2010. Além disso, a taxa do crescimento do PIB acumulado nos últimos oito anos, até 2010, foi o dobro da média nacional. Enquanto Brasil cresceu 37,1 %, a Região Norte 53,2%, o Tocantins obteve uma taxa de crescimento de 74,2%. 

Apesar do volume acumulado do PIB colocar o Tocantins no 24º lugar no ranking nacional, o crescimento econômico é maior do que estados como o Rio Grande do Sul que, mesmo estando em 4º lugar no ranking, cresceu 24,3%.

Entre 2002 e 2010, a taxa de crescimento foi 9,25% ao ano, maior do que o crescimento de países como a China, que cresce cerca de 7% ao ano. “Isso demonstra o quanto a nossa economia está pujante e chamando a atenção de investidores nacionais e internacionais”, afirma Paulo Massuia, secretário de Indústria e Comércio. 

O destaque do Tocantins se deve à infraestrutura, conquistada principalmente da implantação da Ferrovia Norte Sul e aumento de rodovias asfaltadas. Com sete mil quilômetros, é a 6ª maior malha asfáltica do País. A estruturação das redes de água e energia também contribui para essa conquista.

O setor da economia que apresentou maior crescimento foi o industrial, com 25,4% do PIB, destacando-se a indústria de transformação e construção civil. Esse desenvolvimento acaba sendo influenciado positivamente pelo agronegócio. “O crescimento da indústria também é importante porque esse setor gera muito emprego e impostos necessários ao investimento do estado”, ressalta Massuia.

As exportações, entre janeiro e outubro de 2012, apresentaram alta de 24,66% em relação ao mesmo período do ano passado. Já o comércio varejista cresceu 69,8% entre 2007 e 2010, mais do que o dobro da média nacional de 32,5%. De acordo com o secretário, esses indicativos são importantes, pois praticamente 80% da população tocantinense é urbana. “Precisamos de um comércio, indústria e prestação de serviços fortes para gerar emprego à população que está nas cidades. O comércio atacadista também tem crescido muito inclusive em função dos incentivos fiscais que o Governo do Estado autorizou” comenta o secretário. 

Perspectivas

Conforme Paulo Massuia, as perspectivas de crescimento para o ano que vem continuam altas. O Estado conta atualmente com cinco distritos agroindustriais em franca expansão nas cidades polo de Palmas, Gurupi, Araguaína, Colinas do Tocantins e Porto Nacional. Entre abril e maio de 2013 será aberto também um distrito em Paraíso do Tocantins.  

A abertura do Teca – Terminal Aeroportuário de Carga também será um grande avanço econômico. “Em julho do ano que vem o Teca estará implantado e alfandegado, abrindo as possibilidades de importações e exportações diretamente de Palmas” completa. (Secom)