Conexão Tocantins Araguaína

Campo

15/10/2012 - Redação

Foto: Joatan Silva

Cerca de 40 técnicos tocantinenses em apicultura visitam, no período de 16 a 20 de outubro, os municípios de Picos e Simplício Mendes, cidades do sertão semiárido do Piauí, para conhecer as formas de gerenciamento dos entrepostos e das cooperativas de mel. O estado nordestino representa hoje aproximadamente 40% da produção nacional. São mais de 18 mil apicultores e 350 mil colmeias, e quase todo o mel produzido segue para exportação para países da Europa e Estados Unidos.

De acordo com a médica veterinária da Seagro – Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Érika Jardim, a visita tem como objetivo conhecer os modelos de organização e empreendedorismo em cooperativas do Piauí para posteriormente aplicar no Estado. “São experiências de sucesso comprovado, claro que os modelos irão sofrer adequações para atender a realidade de nossa região, mas servirão como modelo. A intenção é que cada entreposto de mel do Tocantins se transforme futuramente em uma cooperativa”, explica.

Segundo Érika Jardim, as visitas serão em entrepostos, cooperativas de produtores, empresas de produtos, insumos e equipamentos e na Casa Apis - Central de Cooperativas Apícolas do Semiárido Brasileiro, que representa oito cooperativas, mais de mil famílias e produz cerca de 750 toneladas de mel por ano.

A médica veterinária ressalta que o setor está em crescimento e atraindo novos agricultores interessados em apicultura. “O Governo tem incentivado e capacitado os técnicos, com ações como estas, principalmente da Seagro e do Ruraltins – Instituto Rural do Tocantins. Nossa meta é alcançar mil toneladas de mel até 2014, atingindo assim, a plena potencialidade do Estado. Ainda este ano, serão ministradas oficinas sobre viabilidade econômica para os apicultores nos municípios de Araguatins, Araguaína, Porto Nacional e Gurupi”, reforça Érika Jardim.

Produção

O Tocantins em 2011 produziu 260 toneladas de mel e o maior município produtor de mel é Nova Olinda, região Norte do Estado. Atualmente, no Estado, existem cerca de 1300 apicultores, 52 associações, duas cooperativas, uma Federação de Apicultores do Tocantins. Foram construídos com recursos da Fundação Banco do Brasil quatro entrepostos: em Figueirópolis, Palmas, Colinas e Axixá, que aguardam certificação do SIF – Sistema de Inspeção Federal para a inauguração e funcionamento. (Ascom/Seagro)