Conexão Tocantins Araguaína

Economia

02/08/2012 - Redação

Foto: Divulgação

O presidente do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Tocantins – Fieto, inaugura nesta sexta-feira, 03 de agosto, na sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai Araguaina, três laboratórios que serão utilizados durante as aulas dos cursos de aprendizagem, aperfeiçoamento e habilitação técnica.

A inauguração acontecerá às 11 horas e contará com a presença do Conselho e Diretoria Executiva da Fieto. Dentre os laboratórios que serão inaugurados estão o de Automação Industrial, Domótica e Redes e Transmissão de Dados.

O Laboratório de Automação Industrial possui uma sala de aula para 40 alunos, sala de almoxarifado e aproximadamente 300 m² de área construída, além de oito bancadas didáticas sendo elas: eletrohidraúlica, eletropneumática, Controlador Lógico Programado (CLP), Cervo-posicionador, sensores industriais, simulador de processo industrial, redes industriais e microdestilaria de etanol.

Segundo o responsável técnico pelo laboratório, Aparecido Morais, as atividades desenvolvidas nas bancadas didáticas proporcionarão aos alunos conseguirem desenvolver e manter redes industriais. “No Tocantins, toda manutenção industrial é realizada por técnicos de outros estados e esse laboratório servirá como subsídios de processos livres da mão de obra direta em mineradoras, indústrias de alimentos, movelaria, manufatura de metal entre outras”.

Já no Laboratório de Domótica haverá duas áreas, sendo elas: bancadas didáticas, onde o aluno terá o contato inicial com a parte de eletricidade, e três mini-casas, em que os alunos encontrarão todo o serviço que será desenvolvido quando estiverem no mercado de trabalho. A dimensão das mini-casas tem proporção de 1x1 com capacidade para que quatro alunos desenvolvam seus exercícios ao mesmo tempo.

Dentre as competências que serão trabalhadas no Laboratório de Domótica estão metrologia, higiene, limpeza e segurança no trabalho, além de empreendedorismo em que os alunos poderão trabalhar com montagem de alarmes, proteção perimetral, automatizadores de portões, intercomunicação condominial, controle de iluminação e temperatura, controle de acesso entre outros.

De acordo com o responsável técnico pelo laboratório de Domótica, Ronaldo Lima, em algum momento dos cursos, sejam eletrotécnicos e eletroeletrônicos, os alunos terão aulas práticas nesse ambiente. “Esses são laboratórios são um apoio pedagógico de última geração para melhorar a qualidade dos nossos cursos”.

O laboratório de Redes e Transmissão de Dados terá cunho didático fundamental para as áreas de Tecnologia da Informação com capacidade para 20 alunos. Dentre as competências que serão trabalhadas estão comunicação óptica, VOIP – Voz sobre IP, princípios de telecomunicação, comunicação de dados e redes e cabeamentos.

Para o responsável técnico Carlos Andrew, a instalação desse laboratório tende viabilizar a aproximação do aluno ao entendimento das funcionalidades de transmissão de dados. “Temos um laboratório com 100% de prática onde o aluno pode entender como ocorre esse processo de transmissão de dados entre outros”.