Conexão Tocantins Araguaína

Polí­tica

16/05/2012 - Philipe Bastos

Após a publicação da notícia da deteinação judicial para o retorno do prefeito de Araguaina, Valur Barros (DEM) à suas atividades, o deputado Osires Damaso, presidente regional do Democratas comemorou a decisão do Superior Tribunal de Justiça. O deputado disse estar feliz com a decisão e afirmou que o afastamento do prefeito foi equivocado.

Osires alegou que o prefeito da segunda maior cidade do Tocantins foi injustiçado pelo afastamento e suas atividades. De acordo com a ação do Ministério Público Estadual, a Prefeitura de Araguaina teria contratado sem licitação a empresa Arte Produções de Shows Artísticos Ltda para animar o carnaval na cidade este ano. Conforme o MPE, o pagamento feito pela gestão de Valuar seria no valor de R$ 97 mil. “O Valuar fez o que muitos gestores fazem e não são condenados”, completou.

O afastamento do democrata já havia repercutido na Assembleia Legislativa, quando o deputado Stálin Bucar (PR), em pronunciamento na tribuna da Casa, já havia cobrado da Justiça a mesma aplicação punitiva ao governador Siqueira Campos (PSDB). “O governo fez exatamente a mesma coisa que a prefeitura de Araguaina e o governador não foi afastado”, disse lembrando das dispensas de licitação promovidas pelo governo após os decretos de calamidade na saúde e emergência nas estradas.

Prefeitura de Araguaina

Depois da publicação da notícia sobre o retorno de Valuar á gestão de Araguaina, a dúvida que fica é sobre as substituições no primeiro escalão municipal já promovidas pelo vice-prefeito, Amilton Carneiro. Assim que tomou posse, Amilton já tratou de substituir todos os envolvidos na ação do MPE. Foram trocas no setor do gabinete, do Controle Interno e das secretarias da Fazenda e da Administração.

Além disso, o vice-prefeito, enquanto ocupou a cadeira maior, ainda frisou que pretendia realizar muito mais mudanças na estrutura administrativa do município. Resta saber como ficará a situação com a volta do prefeito.