Conexão Tocantins Araguaína

Foto: Divulgação

O Serviço Social da Indústria – Sesi disponibiliza, gratuitamente, para a indústria, o curso de formação para membros da Comissão Interna de prevenção de Acidentes – Cipa. O curso, em Palmas, teve início na última quarta-feira e segue até amanhã, quarta-feira, 9, no salão do Instituto Euvaldo Lodi - IEL. “O Curso de Cipa tem como objetivo fazer com que empregadores e empregados trabalhem em conjunto na tarefa de prevenir acidentes e melhorar a qualidade do ambiente de trabalho, de modo a tornar compatível, permanentemente, o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador”, afirmou a supervisora de Segurança e Saúde do Trabalho, Melissa Ribeiro.

O curso de Cipa também é disponibilizado gratuitamente em Araguaina e Gurupi que se organizam conforme as demandas locais. O curso tem duração de 20 horas e, em Palmas, é realizado a cada dois meses. Nesse período, as aulas são ministradas pela técnica de segurança no trabalho, Valdirene Gomes. Segundo ela, o curso é importante por atender as exigências da normativa. “A empresa precisa se preocupar com a segurança de seus trabalhadores. Dentro da empresa a Cipa é um dos auxiliadores. Auxilia a empresa para cumprir esses aspectos todos que dizem respeito à segurança”, disse.

O curso é obrigatório para todas as empresas que tenham trabalhadores. A fiscalização é feita pelo Ministério do Trabalho e Emprego – MTE e exige que a empresa tenha a organização da Cipa ou um designado que precisa ser treinado.

Fazem parte do conteúdo programático do curso assuntos como a introdução à segurança e à saúde do trabalho e os aspectos históricos prevencionistas no mundo e no Brasil; conhecimentos gerais de prevenção de perigos; reconhecimento de perigos e inspeções de segurança; investigação e análise de acidentes; principais aspectos legais e o trabalho da Cipa.

Os colaboradores da indústria podem se inscrever através de ficha de inscrição disponibilizada via email ou na própria unidade do Sesi. (UCI – Palmas)