Conexão Tocantins Araguaína

Educação

10/04/2012 - Redação

Acadêmicos, técnicos e professores da Universidade Federal do Tocantins (UFT) participam nesta terça-feira (10), da escolha do reitor e o vice-reitor que comandarão a instituição pelos próximos quatro anos.

Duas chapas concorrem aos cargos. A Chapa 1, Cuidar do que temos crescer com qualidade, tem como candidato a reitor, o professor Márcio da Silveira e a professora Isabel Auler para vice. A Chapa 2, Novos tempos, mais conquistas, é composta pelo atual vice-reitor José Expedito, agora candidato a reitor e o professor Aurélio Picanço como vice-reitor.

Mais de 16 mil pessoas estão aptas a votar, distribuídas nos campi de Arraias, Araguaina, Gurupi, Miracema do Tocantins, Palmas, Porto Nacional e Tocantinópolis. A eleição contará com 38 urnas eletrônicas cedidas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que estarão à disposição das seções das 8 às 22h40 min.

Lisura

"O apoio do TRE-TO é importante, pois garante a lisura e a qualidade técnica dos trabalhos. Isso porque a Justiça Eleitoral é referência no País e também internacionalmente. É fantástico ter o apoio do TRE do Tocantins, no processo de votação e apuração dos votos", destacou o presidente da Comissão Eleitoral, professor Élvio Quirino.

Uma equipe formada por servidores do TRE está trabalhando na Eleição Não Oficial. À frente da COSEL/STI está Carlos Augusto Mendes Motta, SEVUE / COSEL / STI, Francisco Moura Fé, SEVUE / COSEL / STI, Marcelo Oliveira. Em Araguaina acompanha o processo eleitoral Amilton Brasileiro.

No Campus de Arraias Ivana Rezende e Adrierlis Duarte. Em Gurupi Joanes Barbosa e Lucas. Miracema apóiam o pleito Alan Rodrigues e Juliana Bringel. No campi de Palmas Adielson Gonçalves, Rafael, Moisés e Edgar. Em Porto Nacional estão trabalhando Alideclécio Cavalcante e Alisson Rollim. Em Tocantinópolis Wandira Ferreira.

O processo eleitoral está sendo organizado pela Seção Sindical dos Docentes (SESDUFT), o Diretório Central dos Estudantes (DCE/UFT) e o Sindicato dos Servidores Técnico-Administrativos (SINTAD/UFT).

A UFT publicará um relatório sobre as eleições, com o resultado até sexta-feira, (13) e encaminhará ao Ministério da Educação.

Eleições Parametrizadas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por meio da Resolução nº 22.685, de 13/12/2007, estabelece normas para cessão de urnas e sistema de votação específico, por empréstimo para a realização de Eleições Parametrizadas.

Entidades públicas organizadas e instituições de ensino poderão solicitar, no prazo mínimo de 60 dias de antecedência, a cessão de urnas e o apoio técnico necessário à realização da eleição informatizada. (Ascom TRE-TO)