Conexão Tocantins Araguaína

Saúde

26/03/2012 - Redação

O que você faz com os potes de vidro usados de maionese ou café solúvel? Saiba que em vez de jogá-los no lixo, existe uma função muito mais nobre para estes recipientes. Eles são extremamente necessários para o Banco de Leite Humano. São nesses vasilhames que o alimento dos bebês prematuros (leite materno) fica armazenado, depois de pasteurizado.

O Banco de Leite Humano do Hospital Dom Orione (HDO) precisa com urgência de fracos de vidros com tampa de plástico para serem usados na coleta de leite junto às mães doadoras. O material além de ser usado para a realização da pasteurização, são nos frascos de vidro que ocorre o estoque do leite ordenhado pelas mamães dos bebês que estão internados na Unidade Neonatal. Os tipos de potes mais comuns são os de maionese e de café solúvel, em qualquer tamanho. Porém, qualquer frasco que seja de vidro e tenha tampa de plástico é utilizado.

Muito pequenos, os recém-nascidos de baixo peso não conseguem mamar no peito da mãe. Assim, o leite materno é servido nos copinhos ou através de uma sonda. Todo o processo para armazenar o leite exige muitos potes de vidro. É de grande importância que as doações de frascos de vidro sejam regulares, pois mesmo que os vidros sejam reutilizados, muitos podem quebrar ou não ser devolvidos pelas mães que doam.

Informe seus familiares, amigos e vizinhos sobre a importância da doação de frascos de vidro com tampas de plástico para o Banco de Leite Humano do HDO. Esse gesto solidário beneficiará muitos bebês.

O Banco de Leite Humano fica no Hospital Dom Orione e atende de segunda à sexta-feira, das 07 às 19 horas, e aos finais de semana, das 07 da manhã até o meio dia. O telefone de contato é o (63) 3411-8787, ramal 2358. (Ascom Hospital Dom Orione)