Conexão Tocantins Araguaína

Polí­cia

23/03/2012 - Redação

Foto: Ascom PM

Wanderson Moura Negreiros, 21 anos, vulgo “Gato Seco”, foi preso nesta sexta-feira, 23, por volta das 01h35 no Setor Céu Azul em Araguaína - TO.

Durante patrulhamento rotineiro, a Polícia Militar deparou-se com dois indivíduos suspeitos, em local ermo, em uma motocicleta na qual o passageiro encontrava-se sem capacete. Ao avistarem a Polícia, estes empreenderam fuga e ao passarem em frente a uma determinada residência, no mesmo setor, onde era realizada uma festa, estes alertaram os participantes sobre a presença da PM no local. Assim, todos evadiram-se do quintal do referido imóvel. Em seguida, em uma rua próxima, foram efetuados dois disparos contra a viatura que perseguia os indivíduos em questão, estes caíram da motocicleta e foram capturados. Em seguida foi solicitado reforço para identificar o autor dos disparos.

As viaturas, que chegaram, deslocaram até o endereço onde estava acontecendo a festa, cercaram a residência e determinaram a saída dos ocupantes da casa, que se recusaram a sair e ainda desacataram os policiais, segundo informações da assessoria da PM. Como a proprietária afirmou estar sendo coagida a não abrir a porta, a PM foi obrigada a usar da força necessária para adentrar; e lá dentro avistaram quando o autor, acima citado, tirou algo do bolso e escondeu atrás de um guarda-roupas. Ao verificar do que se tratava encontraram 2 munições intactas calibre 380. Ainda durante as buscas, os Policiais localizaram uma porção acondicionada em um saco plástico, supostamente semelhante à Cocaína, pesando o equivalente a 5 gramas. Quando indagados a respeito das munições e das drogas, todos apontaram o referido acusado como sendo o proprietário e responsável pelo fornecimento.

Diante da situação, todos os envolvidos, juntamente com todo material encontrado, foram conduzidos até a Delegacia de Plantão de Araguaína e apresentados à autoridade competente para os procedimentos cabíveis, mas apenas Wanderson foi autuado em Flagrante por posse de munição e por também ser suspeito de outros crimes ocorridos na cidade. (Ascom PM)