Conexão Tocantins Araguaína

Polí­tica

16/02/2012 - Maria José Cotrim

Foto: Divulgação

Com relação à eleições deste ano em Araguaina, norte do Estado,o PMDB ainda não definiu quais estratégias terá nem quais aliados para uma possível composição. É o que diz um dos líderes do partido na cidade e vereador, Elenil da Penha em entrevista ao Conexão Tocantins nesta quinta-feira, 16.

O partido vai se reunir no dia 2 de março na Câmara de Araguaina para definir quais serão os próximos passos com relação à disputa de outubro. “Vamos começar as conversações e verificar quem são os aliados”, ponderou. O partido tem ainda como liderança na cidade o vereador Gideon Soares que deve estar também à frente das articulações.

Um partido que já informou ao Conexão Tocantins ter intenção de fazer aliança com o partido é o PP, presidido pelo deputado federal Lázaro Botelho e que tem como pré-candidata a ex-prefeita da cidade, Valderez Castelo Branco. O PP pretende ter o PMDB como principal aliado numa possível candidatura do partido. O PMDB não lançou nenhum nome até o momento na cidade e está aberto para dialogar com o PP, segundo o vereador.

O partido no pleito passado foi aliado do atual prefeito Valuar Barros (DEM), mas Elenil da Penha explica que atualmente há um distanciamento com o gestor já que ele é aliado do governo estadual. “O PMDB não é da base do Valuar, ele foi eleito numa composição conosco mas ele saiu de perto do partido e hoje é aliado do governo e o PMDB é oposição”, frisou.

Valuar tem dito que não tentará reeleição e que vai apoiar o candidato que o governo indicar na cidade.