Conexão Tocantins Araguaína

Estado

21/01/2012 - Redação

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Araguaina informa por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo que as obras de reforma da pista de pousos e decolagens, além do terminal de passageiros do Aeroporto de Araguaina foram finalizadas e que aguardam só a liberação da ANAC – Agência Nacional da Aviação Civil para restabelecimento do seu funcionamento.

Segundo o secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Nahim Hanna Halum Filho, as obras foram totalmente concluídas sendo necessários a realização de dois testes (atrito e espessura da pista). “Após a emissão desses laudos, fica a cargo do Governo do Estado solicitar à Anac a liberação da pista e assim, o aeroporto retomar suas operações. Acreditamos que até o dia 10 de fevereiro, o aeroporto esteja em funcionamento”.

Com investimentos da ordem de R$ 12 milhões, a reforma da pista de pouso e decolagem do aeroporto é fruto de um convênio entre os governos Federal, que contribui com, aproximadamente, R$ 9,5 milhões por meio do PROFAA – Programa Federal de Auxílio a Aeroportos e Estadual, que arca com R$ 1,5 milhão, como contrapartida. A Prefeitura de Araguaina contribuiu com R$ 600.000,00 para a reforma do terminal de passageiros.

Operam no aeroporto de Araguaina as empresas aéreas Trip, Passaredo e Sete. Na obra foram recuperados os 1.800 metros da pista de pouso/decolagem, pista de taxiamento e pátio de aeronaves; além da implantação de um pátio de armação geral e pistas de acessos, todas com as devidas sinalizações. Também foi reformado o terminal de passageiros visando deixar o espaço mais confortável para os usuários, com lanchonete, duas salas comerciais, sala vip, salas de embarque e desembarque, além de salas para a administração do aeroporto, Vigilância Sanitária e Polícia Federal.

Para o prefeito de Araguaina, Valuar Barros, a reforma do aeroporto representa melhoria na qualidade de vida em Araguaína, além de tornar a cidade mais competitiva em termos comerciais. "Com a reforma da pista e do terminal de passageiros, nosso aeroporto poderá atender as expectativas de novas empresas, garantindo melhores preços, mais conformo e comodidade aos passageiros. Teremos ainda a oportunidade de receber e mostrar nossas potencialidades a possíveis investidores; todos vão sair ganhando", finalizou Valuar.

E outubro do ano passado, o aeroporto teve suas operações suspensas por razões de segurança e devido às reformas em sua pista de pousos e decolagens. Com o término da reforma da pista, a capacidade de voos será aumentada, garantindo a vinda de grandes companhias aéreas para o aeroporto, aumentando a concorrência e gerando tarifas mais baixas para os passageiros. (Assessoria de Imprensa)