Conexão Tocantins Araguaína

Saúde

12/12/2011 - Redação

Foto: Divulgação

A intenção do Governo do Estado é ampliar o PID – Programa de Internação Domiciliar a outras regiões do Tocantins, como Gurupi e Araguaina. Para o secretário estadual interino da Saúde, Arnaldo Alves Nunes, o HGPP – Hospital Geral Público de Palmas é o pioneiro desse programa no Tocantins, e servirá de modelo para as outras unidades que futuramente receberão o PID. “Queremos que a população usufrua de um SUS eficiente, com um atendimento digno e de qualidade ao usuário”, ressaltou.

A inauguração do PID aconteceu na tarde desta segunda-feira, 12, no HGPP. Durante a apresentação do serviço aos presentes, o secretário Arnaldo Alves Nunes, ressaltou que a equipe assistencial do PID cuidará de até 20 pacientes, e cada um terá um plano terapêutico direcionado ao tratamento domiciliar. “A equipe traçará um plano de trabalho específico voltado para cada paciente em sua residência. Com isso, diminuiremos a média de permanência dos pacientes no hospital, aumentaremos a oferta de leitos e reduziremos os custos”, afirmou.

O PID é uma alternativa à hospitalização para o paciente com quadro clínico estável, que dependa continuamente de cuidados especializados, como por exemplo, pacientes idosos, com AVC´s, doenças crônicas e degenerativas e outras patologias, mas que podem serem assistidos em sua própria residência. O serviço será ofertado por equipe multiprofissional, formada por fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista, odontólogo, psicólogo, farmacêutico, assistente social e terapeuta ocupacional, sob a coordenação e supervisão de um médico. (Ascom Sesau)