Conexão Tocantins Araguaína

Educação

26/11/2011 - Fred Alves

Foto: Divulgação

Um grupo de 12 alunos e um professor do 4º período do curso de Geografia da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Campus de Araguaina, visitou na última quinta feira, 24 de novembro, as instalações da Coapa, em Pedro Afonso. Pela manhã foram recebidos no auditório da cooperativa, pela gerente da unidade técnica, Erica Lima Brito. Eles receberam informações sobre a estrutura e as atividades desenvolvidas pela Coapa, que nesse ano completou 13 anos de atuação e agrega atualmente 340 cooperados produtores de grãos e agricultores familiares. A engenheira agrônoma também apresentou dados sobre o Prodecer – Programa de Cooperação Nipo-Brasileira para o Desenvolvimento dos Cerrados, programa que há 15 anos contribui para o Tocantins ter tecnologia de ponta no campo e Pedro Afonso se tornar referência no agronegócio.

No início da tarde o grupo conheceu a Fazenda Brejinho (Lote I – Prodecer III), modelo de fazenda-empresa onde a evolução tecnológica é desenvolvida atrelada as boas práticas agrícolas. A propriedade é uma das maiores produtoras de soja da região e também se destaca por desenvolver o sistema de “Integração Lavoura-Pecuária”, com a criação de mais de 1000 cabeças de gado de corte da raça Nelore e o cultivo de 300 hectares de seringueira.

Acompanhados pelo produtor rural José Edgar de Castro Andrade, um dos administradores da fazenda, e pela gerente da Unidade Técnica da Coapa, Erica Lima Brito, os estudantes conheceram as modernas máquinas usadas no cultivo da soja e no manejo da criação de gado, fábrica de ração, estação climatológica, plantação de seringueira e a área onde está sendo plantada a lavoura soja da safra 2011/2012. Foram várias perguntas feitas pelos universitários e prontamente respondidas pelo produtor José Edgar com auxílio da engenheira agrônoma.

A comitiva da UFT encerrou a visita técnica conhecendo o armazém da Coapa. Considerada o maior do Tocantins, a unidade de recebimento de grãos quebrou neste ano o recorde de recepção de soja. Com capacidade estática de beneficiar e armazenar 60 mil toneladas do grão, a unidade movimentou um total de 73.500 toneladas na safra 2010/2011.

Conhecimento na prática

Responsável pela turma de alunos, o professor de Geografia Agrária Alberto Pereira Lopes explicou que a visita teve como objetivo contribuir com a formação prática dos futuros profissionais por meio do conhecimento in loco dos processos produtivos e de comercialização no sistema de grande produção existente em Pedro Afonso. Foi a primeira atividade prática dos alunos e faz parte de uma série de visitas técnicas que também serão realizadas pelos alunos em outras cidades tocantinenses. “Ficamos surpresos com a estrutura da Coapa e chamou atenção o potencial agropecuário de Pedro Afonso”, afirmou o professor Alberto.

“Foi uma oportunidade de vivenciar na prática o conhecimento teórico adquirido em sala de aula”, disse a universitária Antônia Alves. Para o futuro geógrafo Júlio Nelson, “foi interessante conhecer a diversidade do agronegócio pedroafonsino”.