Conexão Tocantins Araguaína

Esporte

14/11/2011 - Redação

Foto: Manoel Lima Handebol feminino - Colégio Militar Handebol feminino - Colégio Militar
  • Handebol feminino - Colégio Militar - Aluna-Atleta Jennyfer Araújo Barros - Foto Manoel Lima
  • Handeboll masculino - Colégio Militar - Foto Manoel Lima
  • Basquetebol masculino - Marista - Foto Manoel Lima

O encerramento das finais das modalidades coletivas dos XXI Jogos Estudantis do Tocantins (Jets), categoria 15 a 17 anos, que ocorreram durante este último final de semana, foi marcado por muita emoção e aprendizagem, tanto por parte dos vencedores como dos vencidos. Os estudantes tocantinenses agora embarcam para disputar as Olimpíadas Escolares a serem realizadas entre os dias 02 e 11 de dezembro, em Curitiba, capital do Paraná.

No dia 1º de dezembro embarcam os integrantes da delegação das modalidades individuais, e dia 6, para as modalidades coletivas. Central da equipe feminina de Handebol do Colégio Militar de Palmas, campeã desta edição dos Jets, Jennyfer Araújo Barros afirmou que confia muito na conquista do ouro nas Olimpíadas e que o entrosamento entre as amigas de time a leva a crer nisto. “Nós jogamos há cinco anos juntas, e esta foi a nossa quarta conquista nos Jets. Nós somos todas muito amigas, e isto reflete no entrosamento que temos em quadra, sem contar que, pela amizade, nos entregamos mais umas pelas outras. Já fomos campeãs nacionais no ano passado, nas Olimpíadas que aconteceram em Fortaleza (capital do Ceará), e sinto que estamos maduras e preparadas para superar as dificuldades e voltar de Curitiba também com o ouro; vamos trabalhar forte para isto”, ressaltou a confiante aluna-atleta.

Fernandes Conceição dos Santos, ala do time masculino de Futsal do Colégio Estadual de Cristalândia, disse ter aprendido muito com os jogos deste ano, acreditando que este aprendizado poderá levá-lo, juntamente com os demais da equipe, a concretização de um sonho que teve. “Nós fomos bem orientados pelo nosso técnico, Antônio (Rodrigues de Souza), que nos ensinou a termos humildade. Ele viu que estávamos muito autoconfiantes, pois ganhamos a etapa regional dos Jets com placares dilatados, por isto nos falou da importância de sermos simples, respeitarmos os adversários. Isto foi muito importante e fez muita diferença, pois entramos mais concentrados, conseguindo cumprir as táticas que ele nos passou. Queremos muito o ouro, e eu até sonhei que vamos conquistar as Olimpíadas com um gol no último minuto de jogo; se a gente se comportar por lá como fizemos por aqui, este sonho pode se realizar” vislumbrou, emocionado, o jovem jogador.

Disputa

A disputa pelo título de campeão de Vôlei entre os times masculinos do Educandário Objetivo, de Araguaina, e o Colégio Estadual São José, de Palmas, parecia simbolizar a música “Vencedor”, do grupo carioca Los Hermanos, que propõe a observação “olha lá, quem sempre quer vitória e perde a glória de chorar”. E assim o foi; enquanto os alunos do Objetivo vibravam o merecido ouro no peito, os do São José se atinham ao choro-reflexivo, o que, talvez, soe dramático, e o que proporciona, certamente, engrandecimento, como provou o ponteiro da equipe vice-campeã. “É muito doloroso ver que não conseguimos sair daqui vencedores, apesar da nossa dedicação nos treinos. E dói ainda mais saber que não vamos representar o Estado nas Olimpíadas Escolares, o que era um sonho para mim e para o time. Mesmo assim, vou tirar isto tudo como lição, me dedicar ainda mais e procurar crescer como atleta, pois sei que tenho potencial para conquistas maiores e não vou desistir de seguir no esporte que amo”, destacou o talentoso e determinado aluno-atleta.

Tocantins unido pelo esporte

Para a presidente do Comitê Organizador Estadual dos Jets e diretora de atividades curriculares e transversalidade da Secretaria Estadual da Educação (Seduc), Marília do Amaral, os Jogos alcançaram todos os objetivos propostos, principalmente o referente ao envolvimento de alunos-atletas de todo o Tocantins nas disputas esportivas. “É muito importante notar que todos os municípios do Estado foram representados por estudantes durante os Jogos, tanto nas modalidades individuais como nas coletivas. Além da questão da democratização do acesso ao esporte, esta participação massiva força um aprimoramento no nível técnico dos alunos-atletas, que vivenciam dificuldades diferentes e aprendem com isto. Por isto estamos muito satisfeitos, pois o Tocantins se integrou em prol do esporte e vamos levar esta integração a nosso favor para as disputas das Olimpíadas, que será outro momento de intercâmbio importante para os estudantes tocantinenses, que notarão que por mais que já tenhamos alcançado um bom nível esportivo, sempre teremos onde nos aprimorarmos”, afirmou Marília.

Fichas de inscrições

Para concretizar a inscrição dos alunos-atletas que vão representar o Tocantins nas Olimpíadas Escolares, as unidades escolares de cada um deles deve entregar para a própria Diretoria de Transversalidade as fichas dos classificados, devidamente digitadas e assinadas, até a próxima quarta-feira, 16. Para o que ainda não adquiriram as ficha, elas estão disponibilizadas no site http://www.olimpiadasescolares.com.br. Caso o procedimento não seja cumprido no tempo estipulado, o aluno não-confirmado perderá a vaga nas Olimpíadas.

Classificados

Os nomes de todos os alunos-atletas da categoria 15 a 17 anos classificados para representar o Tocantins nas Olimpíadas Escolares, tanto nas modalidades individuais como nas coletivas, podem ser conferidos a partir dos links Individuais e Coletivas. (Ascom Seduc)