Conexão Tocantins Araguaína

Estado

09/11/2011 - Redação

Foto: Marcio Vieira Governador Siqueira Campos durante lançamento simbólico do Reluz em Lagoa da Confusão Governador Siqueira Campos durante lançamento simbólico do Reluz em Lagoa da Confusão

Ganho para os cofres dos municípios e para o meio ambiente, com a dispensa de construção de mais hidrelétricas, aliado ao conforto e segurança da população. Estes são alguns dos benefícios que o programa Reluz, uma parceira entre o Governo do Tocantins e o Governo Federal, por meio da Eletrobrás, está levando à população tocantinense.

Até o momento, conforme informações do gestor do programa no Estado, da Urbeluz Energética, Aprígio Fernandes, 44 municípios já foram beneficiados com novas luminárias e lâmpadas de baixo consumo energético instaladas pelo programa.

Economia real

As etapas já concluídas do projeto correspondem a cerca de 52% da execução total do programa. A economia gerada com essas novas lâmpadas e luminárias somam mais de R$ 3,5 milhões aos cofres públicos, o que equivale a 15.221 megawats hora/ano. “A economia atual gerada corresponde a um ano de iluminação dos municípios de Gurupi, Monte do Carmo, Porto Nacional, Araguaina e Taguatinga. É importante destacar que a chegada e a melhoria da iluminação pública traz inúmeros benefícios à população, desde a melhoria da segurança até a o desenvolvimento econômico”, frisa Aprígio.

Mesmo com o período chuvoso, que conforme Aprígio, compromete o andamento dos trabalhos, o cronograma de execução prevê que até maio de 2012, todos os 139 municípios tocantinenses sejam atendidos pelo Reluz. “Ao final da execução do programa no Tocantins teremos uma economia de 23.200 megawats hora/ano”, informa Rafael.

O Tocantins é o primeiro Estado da Federação a receber o Reluz com um modelo inovador de execução por meio do Governo do Estado, segundo Rafael Rocha, da Divisão de Eficiência Energética em Iluminação Pública, da Eletrobras.

Cidades históricas terão iluminação diferenciada

Segundo Fernandes, Natividade, localizada a 200 quilômetros da Capital, receberá uma iluminação especial, com lâmpadas que ressaltam os detalhes arquitetônicos dos prédios da cidade. “Em Natividade, bem como em outros municípios que possuam atrativos turísticos, utilizaremos lâmpadas de multivapor metálico que ressaltam as peculiaridades e cores do casario histórico ou mesmo das orlas das praias locais”, pontua. Em Natividade, os trabalhos do Reluz devem ser iniciados em abril de 2012.

O prefeito de Natividade, Joaquim Rodrigues Ferreira, destaca que um projeto diferenciado de iluminação para o município é motivo de satisfação. “Ficamos felizes em saber que o projeto de nossa cidade é diferenciado. O Reluz é de grande valia, pois além dos benefícios da iluminação garante economia aos cofres públicos”, afirmou.

Próximas cidades a serem beneficiadas

A Urbeluz Energética, empresa responsável pela execução do Reluz no Tocantins, prevê que em duas semanas o programa seja finalizado nos municípios de Araguaina, Santa Fé do Araguaia e Wanderlândia. Os próximos municípios a receber o Reluz, por volta do dia 21 deste mês, são Babaçulândia, Muricilândia, Carmolândia, Colinas do Tocantins, Araguatins, Guaraí e Miracema do Tocantins. (Secom)