Conexão Tocantins Araguaína

Estado

31/08/2011 - Redação

Os empresários do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico e Eletrônico do Estado do Tocantins – SIME/TO discutiram em assembleia na noite dessa terça-feira, 30, as propostas do Acordo Coletivo 2011/2012 da categoria. A reunião aconteceu na sede da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins – Fieto, em Palmas. Na oportunidade, foram discutidas pelo sindicato patronal (empresários) propostas relacionadas ao piso salarial e formas de melhorar e beneficiar a vida dos trabalhadores.

O presidente do Sime/TO, Emilson Vieira Santos, relatou o que o sindicato tem feito para atender as expectativas do trabalhador. “Procuramos trabalhar focado em aumentar o nível médio do salário do trabalhador para que dessa forma ele tenha maior segurança em relação ao sustento de sua família. O trabalhador com salário um pouco mais elevado do que a média tem uma condição de produtividade muito melhor, porque ele passa a ter tranqüilidade durante o trabalho”, disse.

Santos também destacou que está em andamento uma pesquisa para levantar o número de empresas do segmento e junto com essa pesquisa colher a demanda de cursos e capacitações para os trabalhadores. A pesquisa será realizada em Palmas, Araguaina, Gurupi e Paraíso do Tocantins para que assim o Sindicato consiga mais filiados e cumpra a sua missão de atuar com legitimidade e representatividade em defesa dos interesses dos associados.

Depois de analisar as propostas elaboradas pelos trabalhadores, os empresários farão a contraproposta que será apresentada em reunião prevista para o dia 15 de setembro, na sede da Fieto. (Assessoria de Imprensa Fieto)