Conexão Tocantins Araguaína

Polí­tica

25/08/2011 - Redação

Foto: José Cruz

Numa audiência na tarde da quarta-feira, 24, no Ministério das Cidades, o senador Vicentinho Alves (PR) pediu a liberação de recursos para Porto Nacional com a intenção de garantir a execução da Política Nacional de Desenvolvimento Urbano e Ações de Infra-estrutura Urbana do Governo Federal na cidade.

Vicentinho fez gestão junto ao ministro Mário Negromonte para garantir a liberação de 20 milhões de reais de recursos provenientes da Emenda da Bancada do Estado do Tocantins ao Orçamento de 2011.

Pela proposta, os recursos viabilizarão a implantação do projeto Paviporto, que prioriza obras de pavimentação asfáltica, galeria pluvial, drenagem superficial com meio-fio/sarjeta e de acessibilidade em Porto Nacional. Ao todo, três bairros (Vila Nova, Nova Capital, Jardim dos Ipês) e o Distrito da Escola Brasil serão beneficiados.

“Porto Nacional, assim como as cidades que crescem muitas vezes sem um planejamento adequado, tem seus déficits urbanos. As obras de infra-estrutura que pleiteamos beneficiarão mais de 15 mil famílias que residem nestes locais aonde as obras serão realizadas”, afirma Vicentinho.

A liberação de emendas já foi sinalizada pela presidente Dilma, através da Secretaria de Relações Institucionais, ainda para setembro deste ano e alcançará o atendimento das demandas dos parlamentares para com seus estados.

“Não temos nada de ficar com braços cruzados. As gestões juntos aos ministérios reforçam o trabalho que fazemos na busca em levar para o Tocantins os investimentos necessários que a população merece e tem por direito. Aonde tiver recursos é lá que estaremos com o Tocantins como assunto prioritário da pauta; é lá que estaremos ajudando o Governo do Estado; lá que estaremos representando os tocantinenses como sua voz”, disse.

O secretário das Cidades do Tocantins, Ronaldo Dimas, também participou da reunião junto com o senador. Novas demandas para obras de infra-estrutura e saneamento urbano que visam atender mais de 50% das cidades tocantinenses fizeram parte deste encontro, além do assunto relacionado ao Projeto Paviporto. (Ascom/ Vicentinho Alves)