Conexão Tocantins Araguaína

Estado

12/07/2011 - Redação

Foto: Divulgação

A Defensoria Pública em Araguaina participou nessa segunda-feira, 11, da solenidade de entrega das novas instalações da Unidade prisional do regime semi-aberto e da entrega da reforma feita no pavilhão da Casa de Prisão Provisória de Araguaina – CPPA.

Tanto a reforma da CPPA quanto o novo local para abrigar detentos do regime semi-aberto cumprem o prazo publicado pelo Estado na primeira semana deste mês, quando o então subsecretário de Segurança Pública do Estado, Djalma Leandro, também anunciou um prazo de 45 dias para a conclusão da reconstrução do Presídio Barra da Grota.

“A Defensoria Pública vê com bons olhos a conclusão da reforma da CPPA e o funcionamento do imóvel destinado a receber os presos do regime semi-aberto. Agora será possível desafogar a cela da Delegacia de Plantão e as celas da própria CPPA que já estão superlotadas. A Unidade prisional do semi-aberto veio satisfazer os direitos fundamentais dos reeducandos que há muito eram prejudicados com progressões de regime fictícias”, comentou o defensor público Fábio Monteiro dos Santos, presente na inauguração.

Estiveram presentes na solenidade o juiz de direito substituto, com atuação nas execuções penais, Herisberto e Silva Furtado Caldas; o diretor da CPPA, Magno da Silva Reis; entre outras autoridades.

As novas instalações do Semi-aberto estão localizadas à Rua Guaíba, no Setor Araguaina Sul.

Fonte: Assessoria de Imprensa Defensoria Pública