Conexão Tocantins Araguaína

Estado

13/06/2011 - Redação

A Prefeitura de Araguaina, por meio da Secretaria de Saúde – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), desenvolve a partir desta segunda-feira, 13, no Colégio Aurélio Buarque, o projeto “SAMU nas Escolas – Amigos do SAMU”. O objetivo do projeto é desenvolver uma campanha de conscientização da população sobre o perigo dos trotes e a importância do serviço. O SAMU de Araguaina tem apenas seis anos e algumas pessoas ainda não conhecem sua funcionalidade.

De acordo com dados do órgão, em média, são registrados 102 trotes por mês. O SAMU tem buscado uma forma mais precisa de identificar os trotes, através de cursos de capacitação.

Os atendentes e médicos recebem orientações para identificar a veracidade da ligação e como atender e acolher melhor a pessoa que está solicitando o serviço. Em algumas situações, a identificação do trote é mais fácil, porém existem pessoas especializadas em trote que dão detalhes do caso, como sintomas da vítima, local, e tudo isso dificulta o trabalho do SAMU.

O autor dos trotes, quando identificado, responde por contravenção penal de perturbação da tranqüilidade alheia, tendo como vítima o agente atendente, pelo artigo 65 da Lei das Contravenções Penais, que prevê pena de detenção de 15 dias a dois meses ou multa. A pessoa pode responder ainda pelo crime do artigo 340 do Código Penal, falsa comunicação de crime ou de contravenção, que tem a pena de um a seis meses de detenção ou multa.

Projeto

As ações serão desenvolvidas continuamente, com palestras, atividades práticas, monitoradas por enfermeiros do núcleo de Educação do SAMU, acadêmicos de medicina do ITPAC – Liga Acadêmica do Trauma e Secretaria de Cultura do município. A partir do desenvolvimento das atividades do projeto, a expectativa é de reduzir o número de trotes no SAMU de Araguaína, melhorar a qualidade e o tempo de atendimento das chamadas recebidas diariamente no órgão, além de otimizar o processo assistencial nas situações de urgência.

Durante as atividades nas escolas, os alunos serão orientados como proceder corretamente em um atendimento de urgência e emergência, serão distribuídos revistas e folders informativos explicando o funcionamento do SAMU e as conseqüências de um trote. Inicialmente, as ações serão desenvolvidas nas escolas municipais de Araguaina, mas o projeto deve se estender também para escolas estaduais e privadas.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Prefeitura de Araguaina

Por: Redação

Tags: Araguaina, Colégio Aurélio Buarque, Itpac, Samu